Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Participação Social > Audiências e consultas públicas > Projeto Hidroagrícola do Jequitaí (MG)
conteúdo

Projeto Hidroagrícola do Jequitaí (MG)

por Fernando Néto publicado 02/06/2022 14h44, última modificação 20/06/2022 11h08
Consulta pública sobre estudos e modelagem de concessão do Projeto Hidroagrícola do Jequitaí (MG)

O Governo Federal promoveu no dia 15 de junho de 2022, no município de Francisco Dumont (MG), uma audiência pública para apresentar os estudos e a modelagem de concessão do Projeto Hidroagrícola do Jequitaí (MG) — ver vídeo. O Projeto consiste na implantação de duas barragens de usos múltiplos no rio Jequitaí, além de sistemas que permitam a irrigação de áreas, a regularização da vazão do rio São Francisco, a reserva de água para abastecimento em 19 municípios e a geração de cerca de 20 MW de energia, entre outros benefícios. Os interessados no Projeto podem participar de Consulta Pública sobre o tema até o dia 24/06, por meio do formulário disponível no site da Codevasf.

O empreendimento permitirá o desenvolvimento da agricultura irrigada em aproximadamente 35 mil hectares, no Norte de Minas Gerais, além de diversas outras atividades econômicas, em áreas como turismo, lazer e piscicultura. Localizado na região do Médio São Francisco, o projeto beneficiará 147 mil pessoas. Os benefícios proporcionados pelo Projeto incluem a geração de 84 mil empregos (35 mil são diretos e 49 mil indiretos), a perenização do rio Jequitaí e a regularização da vazão do rio São Francisco em 35 m³/s.

Qualificação para o PPI

O Projeto Jequitaí foi um dos sete empreendimentos do setor hidroagrícola e de irrigação qualificados para o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) em abril deste ano, por meio do Decreto nº 11.041/2022. Os projetos devem ampliar a produção agrícola irrigada, além de servir ao abastecimento de água e à geração de energia — e assim promover desenvolvimento econômico e social na região Nordeste e no Norte de Minas Gerais. Os projetos demandam investimentos de R$ 2,5 bilhões para viabilizar a irrigação de 114 mil hectares, distribuídos em seis estados. As parcerias com a iniciativa privada permitirão a retomada da implantação desses empreendimentos, a incorporação de novas tecnologias e a busca por mais produtividade.

Acesse:

Documentos sobre o Projeto Hidroagrícola do Jequitaí
(abre numa nova janela)

Formulário para manifestações sobre o Projeto Hidroagrícola do Jequitaí (Consulta Pública)
(abre numa nova janela)