Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2016 > Parceria da Codevasf com IMA/AL cria espaço para ações ambientais no Pantanal Alagoano
conteúdo

Notícias

Parceria da Codevasf com IMA/AL cria espaço para ações ambientais no Pantanal Alagoano

Comunidades que moram na área de proteção ambiental estadual conhecida como “Pantanal Alagoano” contam agora com uma base descentralizada do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL). O espaço, implantado em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) na APA da Marituba do Peixe, em Penedo, será destinado para atividades de fiscalização e de educação ambiental na região do Baixo São Francisco alagoano.
publicado: 30/09/2016 16h22, última modificação: 20/06/2018 17h32

Comunidades que moram na área de proteção ambiental estadual conhecida como “Pantanal Alagoano” contam agora com uma base descentralizada do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL). O espaço, implantado em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) na APA da Marituba do Peixe, em Penedo, será destinado para atividades de fiscalização e de educação ambiental na região do Baixo São Francisco alagoano.

Moradora do povoado Murici, que está dentro da APA da Marituba do Peixe, Milena Correia, estudante de 15 anos, vê com entusiasmo a implantação de uma base do IMA/AL na entrada da área de proteção ambiental. Para ela, a unidade pode servir para despertar a consciência ambiental nos moradores da região. “Temos muita poluição e esse apoio do IMA e da Codevasf pode trazer a mudança dessa situação. Tem até pessoas de nossa família que maltratam o meio ambiente, e isso afeta toda a nossa vida”, afirmou a jovem, que prestigiou a solenidade de inauguração.

“Como representante da comunidade no Conselho Gestor, considero muito importante a chegada dessa base e do IMA, que está fazendo as análises na região. Aqui a situação é muito difícil. Contamos sempre com a Codevasf, pois fazemos sempre peixamento aqui na região, e isso é nossa salvação”, declarou o pescador Manoel Santos, conhecido na região como “seu” Nié.

O engenheiro agrônomo Pedro Melo, chefe da Unidade Regional de Meio Ambiente da Codevasf em Alagoas, explica que a iniciativa nasceu de termo de compromisso firmado entre a Codevasf e o IMA/AL, por meio do qual foram colocados à disposição do órgão ambiental carros, barcos e funcionários. “O espaço irá abrigar a sede do Conselho Gestor da APA da Marituba do Peixe e a base do IMA, servindo assim como centro de aglutinação das diversas comunidades da APA”, observa.

“Também faremos aqui ações de educação ambiental com a utilização de uma horta, um viveiro de muda, um meliponário”, acrescenta Gustavo Lopes, diretor-presidente do IMA/AL. “A educação ambiental é como uma semente que se planta e dá frutos. Vamos focar nos jovens, mas também nos adultos, para que se sintam parte de uma causa maior, para que a APA seja cada vez mais preservada”, destacou.

Para o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nélson de Azevedo, essa parceria entre Codevasf e IMA/AL significa a união de esforços para proteção de uma das áreas mais ambientalmente ricas de Alagoas. “O chamado Pantanal Alagoano possui uma rica biodiversidade. Há alguns anos estamos realizando diversos investimentos para proteção dessa APA e agora, com o IMA mais próximo, temos a certeza de que essa proteção será ampliada”, declarou.

Vegetação exuberante

Localizado entre os municípios alagoanos de Penedo, Piaçabuçu e Feliz Deserto, o “Pantanal Alagoano” é assim conhecido por estar situado numa área de várzea com 18.556 hectares, na qual há ocorrência de enchentes anuais provocadas pelos rios Piauí, Perucaba, Marituba e Camondongo. A APA é uma unidade de conservação estadual criada em 04 de março de 1988.

O Pantanal Alagoano abriga em torno de 118 espécies de avifaunas, 48 piscícolas, 136 tipos de ervas medicinais. No local, existem 12 povoados que somam uma população de aproximadamente 7 mil habitantes.

Várzeas com enormes áreas para banho e pesca, vegetação exuberante, artesanato sustentável e uma culinária típica produzida com ingredientes locais são características do local.

Veja fotografias:
https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157671192410243

Ouça as notícias da Codevasf:
https://soundcloud.com/codevasf