Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > Poços instalados pela Codevasf levam água a famílias no Sertão Pernambucano
conteúdo

Notícias

Poços instalados pela Codevasf levam água a famílias no Sertão Pernambucano

O agricultor Maciel da Silva, do povoado de Canafístula, em Parnamirim, no Sertão Pernambucano, é um dos integrantes das 30 famílias da comunidade, beneficiada com a perfuração e instalação de poços pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em municípios do semiárido, como reforço hídrico na região que sofre com constantes estiagens. Maciel revela que caminhava em média seis quilômetros para buscar água para o consumo da família, mas que essa rotina mudou após a instalação do poço.
publicado: 22/01/2015 10h52, última modificação: 20/06/2018 17h30

O agricultor Maciel da Silva, do povoado de Canafístula, em Parnamirim, no Sertão Pernambucano, é um dos integrantes das 30 famílias da comunidade, beneficiada com a perfuração e instalação de poços pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em municípios do semiárido, como reforço hídrico na região que sofre com constantes estiagens. Maciel revela que caminhava em média seis quilômetros para buscar água para o consumo da família, mas que essa rotina mudou após a instalação do poço.

“A gente fica grato porque a dificuldade era muito grande. Tinha que ir buscar água do outro lado da barragem”, disse Maciel. Ele também usa a água do poço também para higiene pessoal, matar a sede dos animais e regar um pequeno canteiro com plantio de milho e feijão.

Outro morador do povoado, o agricultor Expedito José de Lira, concorda com o amigo Maciel e conta como as coisas melhoraram com a chegada do poço. “A gente tinha que ir longe, levar os animais para beber água. Agora a água está bem perto da gente, quase no terreiro de casa”, comemorou.

O povoado de Canafístula fica a cerca de seis quilômetros do centro de Parnamirim e é uma das muitas comunidades, localizadas em municípios na área de atuação da 3ª Superintendência Regional da Codevasf, em Petrolina (PE), que foram contempladas com investimentos para a perfuração, instalação e montagem de poços no ano de 2014.

Além de Parnamirim, outros municípios pernambucanos foram beneficiados, como Afrânio, Petrolina, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, Belém do São Francisco, Dormentes e Lagoa Grande. No total, foram instalados 300 poços tubulares na região, um investimento de mais de R$ 6,2 milhões.

Segundo o gerente de Revitalização de Bacias Hidrográficas da 3ª Superintendência Regional da Codevasf, o engenheiro civil Elijalma Augusto Beserra, a alegria dos agricultores Maciel e Expedito, beneficiados com um dos mais de 300 poços já instalados pela Companhia no estado, é o que mais gratifica esse tipo de ação do governo federal. “O trabalho da Codevasf é fazer chegar mais poços onde a necessidade for maior”, frisou.

Água para Todos

A implantação dos poços na região semiárida nordestina é uma das ações do programa Água para Todos, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional, com execução pela Codevasf em sua área de atuação. O programa visa, entre outras ações, ampliar o acesso a água para consumo humano com iniciativas que envolvem ainda a instalação de cisternas e a construção de sistemas simplificados de abastecimento d’água.

O engenheiro civil Elijalma Augusto Beserra diz que, na área atendida pela Codevasf em Pernambuco, existe um total de 1.261 poços destinados aos municípios sertanejos entre identificados, em execução e a serem executados – totalizando um investimento de mais de R$ 36 milhões. De acordo com o engenheiro, a água captada pelo poço é direcionada através de uma pequena adutora para um reservatório, que funciona como um chafariz, de onde a comunidade recolhe a água usando diversos tipos de recipientes, e para um bebedouro, onde é consumida por animais. Há poços desse tipo instalados também nas imediações de escolas rurais.

“Estamos trabalhando na Codevasf para que cada vez mais famílias possam contar com esse tipo de equipamento. É uma ação que alivia e muito a falta de água numa região tão carente de chuva como é o nosso semiárido nordestino”, concluiu Elijalma Beserra.

Veja imagens ilustrativas no Flickr da Codevasf:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157650414704591/

Conheça a nova plataforma de divulgação de notícias da Rádio Codevasf:

https://soundcloud.com/codevasf