Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > Investimentos da Codevasf reforçaram produção familiar no Norte baiano em 2014
conteúdo

Notícias

Investimentos da Codevasf reforçaram produção familiar no Norte baiano em 2014

Cerca de R$ 3 milhões foram investidos em 2014 pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no apoio a produtores familiares do Norte baiano em diversas atividades, de acordo com balanço da 6ª Superintendência Regional, sediada em Juazeiro – região do submédio São Francisco.
publicado: 09/01/2015 11h58, última modificação: 20/06/2018 17h30

Cerca de R$ 3 milhões foram investidos em 2014 pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no apoio a produtores familiares do Norte baiano em diversas atividades, de acordo com balanço da 6ª Superintendência Regional, sediada em Juazeiro – região do submédio São Francisco.

Somente na área da criação de caprinos e ovinos, atividade econômica importante no semiárido, foram aplicados mais de R$ 1,5 milhão. Por meio do eixo Inclusão Produtiva do Plano Brasil sem Miséria – com recursos oriundos da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI) – foram adquiridos 142 conjuntos forrageiros, que estão beneficiando associações de pequenos produtores de áreas severamente afetadas pela estiagem.

Também em 2014 foram investidos mais de R$ 900 mil em conjuntos de tratores e implementos agrícolas para uso por associações de pequenos produtores em municípios como Campo Alegre de Lourdes, Jaguarari, Jacobina, Ourolândia, Mirangaba e Curaçá – todos com situação de emergência decretada em 2014 pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional. Os conjuntos de equipamentos são formados por trator, carreta agrícola, sulcador, grade aradora, arado reversível e roçadeira. Os recursos aplicados nesta ação foram originários do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por emendas parlamentares.

EquipamentosErisvaldo Souza Pereira, presidente da Associação dos Produtores da Barra, sediada em Mirangaba, afirma que os equipamentos entregues pela Codevasf vieram em boa hora. “Com a ajuda da Codevasf vamos poder trabalhar mais e melhor do que antes; a produção vai aumentar e vai gerar mais renda para as famílias”, diz.

“O material doado servirá no auxílio aos pequenos produtores para o preparo da terra e o consequente fortalecimento da agricultura familiar por meio da mecanização agrícola”, explica o chefe da Unidade Regional de Desenvolvimento Territorial da 6ª SR, Luciano Gomes da Rocha.

Para 2015, a previsão da Codevasf é investir um montante de mais de R$ 3 milhões em aquisição de cerca de 30 conjuntos de tratores e equipamentos para incrementar a produção de associações que serão contempladas com as doações. Os recursos deverão ser oriundos do Orçamento Geral da União e do Plano Brasil sem Miséria.

Kits de irrigação

A Codevasf implantou em 2014 na região cerca de 200 kits de irrigação que beneficiaram centenas de famílias da zona rural. Os kits de irrigação localizada por gotejamento atuam como um reforço para famílias residentes em comunidades rurais. Cada kit é dimensionado para irrigar uma área de até 500 metros quadrados, propiciando a produção de alimentos para consumo e comercialização de excedentes.

Os recursos, da ordem de R$ 160 mil, tiveram origem nos programas ApiculturaÁgua Para Todos (Segunda Água) e Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentável e Economia Solidária, ambos vinculados ao Plano Brasil Sem Miséria – destinados à Codevasf pela SDR/MI.

Kits de apicultura

Em 2014 foram doados e implantados cerca de 522 kits apícolas familiares nos municípios de Campo Alegre de Lourdes, Pilão Arcado e Remanso. Os kits são compostos por  colmeias, melgueiras, suporte, cera, equipamentos de proteção individual, carretilha manual, formão e fumigador. Também foram realizadas capacitações em apicultura nesses municípios para cerca de 583 pessoas.

O objetivo da a ação é promover a  inclusão produtiva de pessoas em situação de extrema pobreza (renda per capta de até R$ 77,00/mês). A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba investiu, em parceria com a SDR/MI, cerca de R$ 2,6 milhões.

A previsão da Codevasf é dar continuidade às ações de apicultura em 2015, com seleção e repasse, através dos critérios do Plano Brasil Sem Miséria, de 486 kits apícolas para famílias em situação de extrema pobreza residentes em comunidades rurais difusas. Todas as famílias beneficiadas continuarão a receber, além de capacitações técnicas em apicultura básica, visitas de acompanhamento técnico para implantação e manejo dos apiários, por meio de equipe de apoio técnico.

Apoio à produção em piscicultura

Outra atividade apoiada pela Codevasf no Norte baiano foi a piscicultura familiar, que consiste na criação de peixes em viveiros escavados e tanques-rede, o que gera Pisciculturarenda para famílias que utilizam o pescado para consumo e comercialização.

Ao todo a Companhia forneceu 250 mil alevinos para projetos de piscicultura e povoamento em barragens na região. Além disso, a Codevasf implantou dois projetos de piscicultura em viveiros escavados no município de Curaçá, no valor total de R$ 220 mil – os recursos, do Orçamento Geral da União, foram destinados à empresa por meio de emenda parlamentar.

A Companhia também ofereceu apoio técnico a projetos de piscicultura dos municípios de Sobradinho, Casa Nova, Sento Sé, Curaçá, Abaré, Rodelas, Glória e Paulo Afonso, e apoiou a Associação de Pescadores e Pescadoras de Remanso no I Festival Gastronômico de Pescado de Remanso.

Ouça as notícias da Rádio Codevasf:
https://soundcloud.com/codevasf

Veja fotografias no perfil da Codevasf no Flickr:
https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157647870884404/