Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Codevasf participa de lançamento do Plano de Desenvolvimento da Cadeia do Pescado, em São Luís (MA)
conteúdo

Notícias

Codevasf participa de lançamento do Plano de Desenvolvimento da Cadeia do Pescado, em São Luís (MA)

publicado: 20/11/2021 21h45, última modificação: 20/11/2021 22h17

Lançamento cadeia do pescado MAA Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) participou nesta semana do seminário de lançamento do Plano de Desenvolvimento e Organização da Cadeia do Pescado, realizado no auditório do Sebrae em São Luís-MA. O evento foi uma parceria com a Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa).

Participaram da abertura o diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, Rodrigo Sampaio; o superintendente regional da Codevasf no Maranhão, Celso Dias; o secretário da Semapa, Liviomar Macatrão; o diretor-superintendente do Sebrae-MA, Albertino Leal; o secretário-adjunto estadual de Agricultura, Ricardo Costa, além de técnicos, produtores e piscicultores.

“Em mais uma importante ação, a Codevasf traz sua contribuição em prol do desenvolvimento da atividade de aquicultura e pesca no Maranhão, numa parceria que tem dado certo junto à Prefeitura de São Luís”, afirmou o superintendente da Codevasf.

No início dos trabalhos houve a apresentação técnica do Plano, realizada pelo secretário da Semapa. “Este é o início de um grande trabalho, com diretrizes bem definidas, para que possamos beneficiar ao máximo a sociedade e trazer um melhor ordenamento da cadeia produtiva, com mais assessoria técnica, com capacitação e pesquisa”, disse Macatrão.

Na sequência, o diretor de Revitalização da Codevasf realizou o lançamento dos cursos de piscicultura do “Projeto Amanhã”, cuja proposta é fomentar, por intermédio de parcerias, a organização e a capacitação de jovens rurais. “O trabalho tem que estar atrelado à capacitação. Daí a importância de parcerias entre instituições que busquem elevar o conhecimento técnico dos produtores. E a Codevasf, a partir do Projeto Amanhã, exerce papel preponderante neste sentido, como ocorre agora com essas duas turmas com 50 alunos que iniciarão os cursos de capacitação já na próxima semana”, explicou Sampaio.

Evento em São Luís (BA)Um diagnóstico da comercialização de pescado em mercados e feiras livres de São Luís foi apresentado pelo técnico da Semapa, Matheus Martins. Segundo ele, a conservação do produto é de suma importância para agregar valor ao pescado. “Mais do que nunca, é fundamental que os produtores tenham conhecimento e orientação técnica na questão do armazenamento do pescado destinado à venda. Muita perda poderia ser evitada”, frisou.

Em sua fala, o professor Carlos Cezar Brandão, da PUC-GO, abordou o manejo da piscicultura atual e práticas de comercialização. Para ele, “a qualidade do pescado está diretamente ligada à necessidade de assistência técnica, já que o principal desafio da piscicultura moderna é fazer o produtor encontrar um bom custo/benefício, ou seja, ter uma maior produtividade em menor espaço de tempo”.

O último palestrante foi o técnico Rafson Varela, da 7º Superintendência Regional da Codevasf, que fez uma contextualização dos projetos comunitários de pesca e aquicultura apoiados pela Codevasf no Piauí. “Viemos mostrar o trabalho desenvolvido pela Companhia no estado vizinho e, a partir desses exemplos, mostrar que pescadores, marisqueiros, carcinicultores bem assistidos expandem a produção para níveis que dificilmente seriam alcançados apenas com o conhecimento prático”, afirmou o técnico.