Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Codevasf emite ordem de serviço para recuperação ambiental da microbacia do córrego Bom Sucesso
conteúdo

Notícias

Codevasf emite ordem de serviço para recuperação ambiental da microbacia do córrego Bom Sucesso

publicado: 25/05/2021 11h33, última modificação: 29/05/2021 10h27

Bom SucessoA microbacia do córrego Bom Sucesso, importante curso d’água da bacia do rio São Francisco em Patos de Minas (MG), receberá investimentos de R$ 542 mil do governo federal, por meio da Companhia de desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), para ações de recuperação ambiental. A ordem de serviço para início dos trabalhos foi emitida neste mês e a previsão é de que as ações estejam concluídas até dezembro.

A recuperação ambiental da microbacia beneficiará diretamente a população de Patos de Minas, que recebe abastecimento dessa fonte hídrica tanto para consumo humano e animal quanto para atendimento a pequenas hortas de agricultura familiar.

O projeto de recuperação ambiental foi elaborado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária de Patos de Minas e aprovado pela Codevasf. O documento contempla a implantação de trinta quilômetros de cercamento de nascentes e de Áreas de Preservação Permanente (APP).

De acordo com o superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Marco Câmara, a recuperação de áreas degradadas tem recebido atenção especial da Companhia. “Pelo que temos presenciado quanto aos bons resultados de recuperação ambiental nesses tipos de ações, acreditamos que essa é uma das principais soluções para revitalização das microbacias hidrográficas mineiras”, afirma.

Microbacia do córrego Bom Sucesso

Segundo o diretor municipal de Meio Ambiente de Patos de Minas, Vinícius Machado, o córrego Bom Sucesso apresentou significativa escassez de água nos últimos anos, chegando a secar totalmente em alguns pontos. Por essa razão, houve necessidade de uso de caminhões-pipa para abastecimento da comunidade rural beneficiada pelo córrego. “Até mesmo a utilização de um poço tubular foi necessária para aliviar a situação da população do distrito de Bom Despacho”, diz Machado.

De acordo com o chefe da Unidade de Meio Ambiente da Codevasf em Minas Gerais, Domênico Morano, as intervenções realizadas pela Codevasf em sub-bacias mineiras permitiram a proteção e a revitalização das nascentes. “Está ocorrendo o aumento da permeabilidade do solo, facilitando, assim, a infiltração das águas de chuvas e a recarga dos aquíferos subterrâneos e, por consequência, das nascentes”, afirma Morano.

Além do superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais e da equipe técnica da área ambiental da Companhia, participaram da solenidade de emissão da ordem de serviço o prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão, o diretor municipal de Meio Ambiente, Vinícius Machado, e a coordenadora do Programa Municipal Pronascentes, Eni Amaral, entre outras autoridades.