Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Codevasf apoia cadeia produtiva de confecção em Minas Gerais
conteúdo

Notícias

Codevasf apoia cadeia produtiva de confecção em Minas Gerais

publicado: 29/10/2021 09h37, última modificação: 29/10/2021 12h27

Companhia participou da realização de feira do setor e investiu em equipamentos para uma escola de moda, em Taiobeiras (MG)

Moda MGA Codevasf promoveu neste mês a Feira Regional do Alto Rio Pardo (Fearp Modas), no município de Taiobeiras (MG), em parceria com a Prefeitura Municipal e a Associação de Moda Íntima e Praia de Taiobeiras (AMIP), e com o apoio de outras instituições. O objetivo do evento foi capacitar o público envolvido na cadeia produtiva de moda e confecção, permitir a troca de conhecimentos, divulgar a produção e apresentar o potencial do setor na região.

A Feira contou com palestras, exposições de lingerie e equipamentos de proteção individual (EPIs) e comercialização de produtos. Na ocasião também foi inaugurada a Escola da Moda, estrutura criada pela Prefeitura Municipal em parceria com a AMIP e a Codevasf — a Companhia investiu cerca de R$ 150 mil em equipamentos, com recursos do Orçamento Geral da União repassados por meio de emenda parlamentar. A proposta é que a Codevasf continue apoiando a escola com capacitações de jovens, por meio do Projeto Amanhã.

“Desde 2005, a Codevasf vem desenvolvendo ações de confecção no Norte de Minas. A indústria do vestuário, têxtil e de confecção tem um papel importante para a economia da região, por ser uma atividade que resiste aos problemas relacionados à seca, por suas articulações produtivas e amplitude de mercado, gerando emprego e renda”, explica a economista doméstica Cleonice dos Santos, da Unidade de Desenvolvimento Territorial da 1ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Montes Claros (MG).

A atividade de confecção no município de Taiobeiras atualmente envolve cerca de 120 fábricas ou confecções — de pequeno, médio e grande porte —, responsáveis por aproximadamente 450 empregos.