Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Acordo com BNB e liberação de recursos para recuperar barragens marcam inauguração da nova sede da Codevasf em Petrolina
conteúdo

Notícias

Acordo com BNB e liberação de recursos para recuperar barragens marcam inauguração da nova sede da Codevasf em Petrolina

publicado: 22/06/2020 14h25, última modificação: 22/06/2020 14h37

Nova sede PetrolinaO governo federal, por meio de parceria firmada entre a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), irá viabilizar o acesso a linhas de financiamento para a agricultura familiar e empresarial a produtores do Projeto Público de Irrigação – PPI Pontal, Área Sul, em Petrolina, semiárido pernambucano. Um acordo de cooperação entre as duas instituições foi assinado nesta segunda-feira (22) como parte da solenidade de inauguração da nova sede da Superintendência Regional da Codevasf no município. No evento, também foram assinadas ordens de serviços para recuperação de cinco barragens no estado, no valor de cerca de R$ 18 milhões. 

A solenidade contou com a participação do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Moreira; presidente interino do BNB, Antônio Jorge Pontes Guimarães, e o superintendente regional da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, além de autoridades políticas e parlamentares.

“Nesta manhã, tenho o prazer de conhecer a cidade de Petrolina e inaugurar a nova sede da Codevasf, um investimento de R$ 3,4 mihões do governo federal. Petrolina é um exemplo para o país. Com o bom uso das águas do São Francisco, por meio da fruticultura irrigada, ela produz riqueza para o país”, afirmou o ministro Rogério Marinho. Ele também destacou os benefícios do acordo entre a Codevasf e o BNB para a produção irrigada de alimentos no Pontal, por meio da obtenção de crédito, e a importância dos recursos para a recuperação de barragens que irá beneficiar mais de 17 mil pessoas com acesso à água.

O acordo firmado entre a Codevasf e o BNB permitirá aos agricultores irrigantes, licitantes vencedores das parcelas de irrigação familiares e empresariais do Projeto Público de Irrigação Pontal - Área Sul, explorar os imóveis e contratar financiamentos para investimentos necessários à infraestrutura produtiva de seus lotes, bem como para custeios anuais por meio dos programas de financiamento com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste – FNE. O acordo terá vigência de cinco anos podendo ser prorrogado por igual período.

Em seu pronunciamento, o presidente da Codevasf enfatizou como o acordo de cooperação irá viabilizar os investimentos para as atividades produtivas do Projeto Pontal-Sul. “A parceria irá possibilitar o reconhecimento das condições de contratualização entre a Codevasf e os produtores e a atuação conjunta para viabilizar o acesso às linhas de financiamento para a agricultura familiar e empresarial. Com estes investimentos, a produção agrícola será desenvolvida nos lotes com ocupação já definida. Dar tratamento especial e com orientação adequada permitirá a superação da burocracia e o cumprimento das exigências com mais celeridade para que os acordos sejam celebrados e os recursos disponibilizados”, explica Moreira.

Nova sede Petrolina 02“É uma satisfação para o Banco do Nordeste assinar esse acordo com a Codevasf que permitirá financiamento para exploração da agricultura irrigada na região. Estamos cumprindo nossa missão de promover, fomentar o desenvolvimento regional”, ressaltou o presidente interino do BNB.

Recuperação de barragens

Além da assinatura do acordo de cooperação entre a Codevasf e o BNB, o evento de inauguração da nova sede da Superintendência Regional da Codevasf em Petrolina marcou a assinatura de ordens de serviço para a recuperação de cinco barragens no estado de Pernambuco nos municípios de Orocó, Santa Maria da Boa Vista, Cedro, Terra Nova e Cabrobó, beneficiando aproximadamente 17 mil pessoas. As ações terão um investimento de cerca de R$ 18 milhões, oriundos do Orçamento Geral da União (OGU), repassados à Codevasf por meio de emenda parlamentar.

“A execução dessas obras terá grande impacto nas vidas de milhares de famílias da zona rural desses municípios, não só garantindo segurança hídrica e armazenamento de milhões de metros cúbicos de água, mas permitindo o início de um promissor ciclo de desenvolvimento econômico e oportunidades para famílias do Estado de Pernambuco”, avalia Marcelo Moreira.

Para Aurivalter Cordeiro, obras dessa natureza contribuem para transformar a realidade local. “Essas barragens juntas terão uma capacidade de armazenamento de mais de 22 milhões de m³. Para se ter ideia, é o equivalente a quase nove mil piscinas olímpicas cheias”, enfatiza Cordeiro.

Agenda em Petrolina e região

 A agenda de trabalho do ministro em Petrolina incluiu visita ao Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho e entrega de unidades habitacionais a famílias de baixa renda. Em Sertânia, Rogério Marinho fez uma visita técnica às obras Ramal do Agreste, um dos empreendimentos complementares ao Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF).