Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Espaço Cultura Codevasf apresenta a mostra “Extrasensorial Alegria”, do artista Ramón Maldonado Díaz
conteúdo

Notícias

Espaço Cultura Codevasf apresenta a mostra “Extrasensorial Alegria”, do artista Ramón Maldonado Díaz

publicado: 27/01/2020 13h30, última modificação: 27/01/2020 13h30

Uma arte nascida livre, que mistura algo de loucura surrealista e um pouco de pontilhismo impressionista.  Obras ricas em poesia, repletas de cores que permitem tratar da resiliência da vivência do contemporâneo, simplesmente porque se existe. Assim o artista plástico venezuelano Ramón Maldonado Díaz define as obras da exposição de pinturas naif “Extrasensorial Alegria”, que estará no espaço Cultura Codevasf de 3 a 28  fevereiro de 2020. Na ocasião, o artista também vai pintar telas ao vivo.

Maldonado capa“Extrasensorial Alegria trata da ocupação do espaço no mundo. Para alguns, um jogo de cores divertidas, para outros, um espaço de cura, pois há um componente cromoterapêutico nos contrastes e em cada cenário. Ocupo cada centímetro pintado, que é processado pela retina do espectador, produzindo alegria”, explica o artista.

São cerca de 30 obras em acrílico sobre tela (AST) intituladas pelo artista como Arte Naif Tropical Contemporâneo. Segundo ele, a ideia é mostrar sua identidade venezuelana, entendendo que suas tradições transcendem a cutlura euroasiática imposta por descobrimentos e conquistas territoriais. “Trato de empoderar-me do que chamamos típico ou original de nossos costumes, que é resultado da mistura de crenças autóctones de nossos ancestrais indígenas e a adaptação feita pelos religiosos para ganhar fiéis”, afirma Ramón.                 

Sobre o artista 

Nascido na Villa de Todos los Santos, na Venezuela, iniciou sua investigação sobre Cultura há 47 anos. É jornalista, graduado pela Universidade Federal de Goiás, e em 1985 entrou para o mercado de arte em Brasília pelos salões de artes e leilões. Recebeu prêmios em Roma, Venezuela e Brasil. Suas obras estão em mais de cem países por ter participado do protocolo diplomático com presentes para as representações estrangeiras em três cúpulas de Estados.

maldonado internoSobre a arte naif

A arte naif (também chamada de primitivista) é um estilo por meio do qual o artista não se preocupa com a técnica, escapando de qualquer preocupação técnica, tais como noções de perspectiva e proporcionalidade.

A arte naif se desenvolveu na Europa do século XIX quanto artistas eram chamados de naifs (naif em francês quer dizer ingênuo) pelos colegas de vanguarda, porque não se dedicavam à pintura como atividade principal.

Além disso, esses artistas não possuíam formação acadêmica, sendo, portanto, autodidatas em sua arte.

Entre os artistas da arte naif, destacamos o francês Henri Rousseau (1844-1910) que inaugurou o uso do termo “naif” com a obra “O alfandegário”.

SERVIÇO:

Exposição Extrasensorial Alegria

DATA: 3 a 28 de fevereiro

LOCAL: Espaço Cultura Codevasf, SGAN 601 Norte, Ed. Deputado Manoel Novaes, sede da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf)

Horário de visitação: de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e 13h30 às 17h Entrada gratuita;

Informações: Assessoria de Comunicação com Anoushe (61) 2028-4448 ou Jaciara 4769