Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Codevasf capacita artesãos para a produção de bijuterias com escamas de peixe
conteúdo

Notícias

Codevasf capacita artesãos para a produção de bijuterias com escamas de peixe

publicado: 13/11/2019 15h54, última modificação: 13/11/2019 16h02

Neste mês de novembro, um novo grupo de artesãos de Serra do Ramalho (BA) foi beneficiado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) com o curso de artesanato para beneficiamento de escamas de peixes. A capacitação, promovida por meio do Projeto Amanhã, aconteceu em parceria com a Associação dos Moradores do Jenipapo e Batata, comunidade do município. 

Bijouterias com escamas de peixeO objetivo do curso é ensinar como transformar escamas de peixe em produtos artesanais, como bijuterias, gerando aumento de renda familiar por meio do aproveitamento de subprodutos da pesca, além de promover a redução do impacto negativo no meio ambiente causado pelo depósito desse tipo de resíduo em lixões, aterros sanitários, margens de açudes e outros locais impróprios.

De acordo com Isabel Denis, técnica da Unidade de Desenvolvimento Territorial da Codevasf em Bom Jesus da Lapa (BA), o curso foi um sucesso. “Os alunos viram o que podem fazer com a perspectiva de agregar valor a um produto que era jogado no lixo. Eles agora terão uma nova fonte de renda”, afirmou a técnica.

“A gente não sabia que poderia aproveitar as escamas. O peixe era tratado e suas escamas jogadas fora. De agora em diante, não fazemos mais isso. Podemos fazer artesanato, criando brincos, por exemplo. Isso vai ajudar a termos uma renda mensal. Eu gostei muito do curso e fico feliz por ter inscrito as demais integrantes da associação no curso”, disse Marilene da Silva, presidente da Associação dos Moradores do Jenipapo e Batata.

“A gente olha as peças prontas e imagina que tudo iria para o lixo. Eu nunca pensei que pudesse ter uma renda extra, criando peças dessa maneira. Eu achei incrível e, particularmente, gostei muito do curso. Agradecemos muito à Codevasf por tudo que faz por nós”, diz Juceli Firmino, que também participou do treinamento.

“A Codevasf é muito importante para a nossa associação. Sempre esteve do nosso lado. A atividade principal da nossa associação é a piscicultura e a gente conta com muito apoio da Codevasf. Já participamos de outro curso em que aprendemos a fazer o filé, a almôndega, a linguiça, os bolinhos. Agora, esse curso nos ensina a aproveitar até as escamas”, complementa a presidente Marilene.

Essa é a segunda capacitação sobre beneficiamento de escamas de peixes realizada pela Codevasf em Serra do Ramalho. A primeira foi promovida em outubro passado na comunidade Palmas e Passos.

"O Projeto Amanhã foi implantado na Codevasf em 1993 tendo por finalidade fomentar a organização e a capacitação dos jovens rurais na faixa etária de 14 a 26 anos, com foco na qualificação e preparação para a obtenção do primeiro emprego, para atuarem com autonomia e competência em empreendimentos agropecuários e de economia criativa, e nesses 26 anos de atuação do projeto, mais de 30 mil jovens foram beneficiados", afirma Janleide Costa, coordenadora-executiva do Projeto Amanhã.