Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2016 > Programa estabelece mecanismos para fortalecer integridade em órgãos públicos
conteúdo

Notícias

Programa estabelece mecanismos para fortalecer integridade em órgãos públicos

Enfrentar a corrupção e contribuir para o aumento dos níveis de integridade nas organizações. Essa foi a tônica da apresentação proferida na manhã desta segunda (23), no auditório da Codevasf, pelo secretário federal de controle adjunto do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, Sérgio Seabra.
publicado: 23/05/2016 19h15, última modificação: 20/06/2018 17h34

Enfrentar a corrupção e contribuir para o aumento dos níveis de integridade nas organizações. Essa foi a tônica da apresentação proferida na manhã desta segunda (23), no auditório da Codevasf, pelo secretário federal de controle adjunto do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, Sérgio Seabra.

O evento contou com a participação do corpo técnico de todas as áreas da empresa envolvido em atividades de coordenação, supervisão e fiscalização de instrumentos. O diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura, René Dubois, realizou a abertura das atividades, representando o presidente da Codevasf, José Alexandre da Costa Machado. “Esse é um momento importante na administração dos recursos públicos. Devemos atuar para que nosso trabalho seja feito com a máxima transparência possível aos cidadãos contribuintes”, reforçou o diretor.

Na apresentação, Sérgio Seabra salientou que essa atuação voltada para o fortalecimento e criação de mecanismos de prevenção de fraudes nas instituições é uma tendência internacional e que o Ministério – antiga Controladoria Geral da União (CGU) – está desenvolvendo o Programa de Integridade, inicialmente, em 28 empresas estatais, definidas segundo critérios técnicos estabelecidos pelo órgão.

O objetivo do programa está sustentado em três pilares: prevenção, detecção e remediação de fraudes, corrupção e desvios de conduta. “A nossa proposta é fornecer um diagnóstico de forma a contribuir para a criação de capacidade na própria empresa de atuar nesses três pilares”.

Seabra explicou, ainda, a metodologia do Programa de Integridade, que consiste em cinco etapas: Desenvolvimento do Ambiente de Gestão do Programa de Integridade; Análise periódica de riscos; Estruturação e implantação de políticas e procedimentos; Comunicação e treinamento de colaboradores e, por fim, Monitoramento do programa, medidas de remediação e aplicação de penalidades.

Sérgio Seabra disse também que há uma tendência mundial na adoção de medidas de prevenção de fraudes e corrupção: “Existe um fenômeno mundial que ocorre e obriga as organizações a criarem mecanismos para se proteger dos desvios de conduta e da ocorrência de corrupção. Esses mecanismos ajudam a criar uma rede de fornecedores e parceiros comprometidos com princípios éticos. Esse processo tem um poder de transformar muito grande, cria um efeito cascata que contamina positivamente o mercado e é benéfico para toda a sociedade".

O secretário-adjunto solicitou a cooperação e o apoio às ações que devem ser implantadas durante a execução do levantamento do Programa de Integridade. 

Processo já começou na Codevasf

Três integrantes do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle e um membro da Auditoria Interna da Codevasf já começaram os trabalhos na empresa. De acordo com André Marcelo Gusmão Tavares de Oliveira, chefe do departamento de auditoria interna, já foram enviados 16 questionários para levantamento de informações internas da empresa.  "Após o recebimento dessas informações, a partir de junho vamos iniciar a fase mais específica. A expectativa é que os empregados se sintam confortáveis em colaborar com as informações de suas áreas e no final que o relatório demonstre que a Codevasf já tem uma certa maturidade nas medidas de integridade e que após o relatório decorrente desse programa possa passar para uma fase mais avançada".

Os empregados da empresa participarão de forma anônima no levantamento respondendo questionários eletrônicos. Para Elton Silva Cruz, chefe de gabinete da presidência da Codevasf, a colaboração com esse trabalho é fundamental: “É importante colaborar com o Programa de Integridade do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle. Esse trabalho funciona como uma consultoria altamente especializada que vai nos indicar o caminho para melhorarmos ainda mais as boas práticas presentes na cultura da nossa empresa”, afirmou Elton.

Fotografia: https://www.flickr.com/photos/codevasf/26597964693

Rádio Codevasf: https://soundcloud.com/codevasf