Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2016 > Codevasf promove curso sobre plano de negócio para apicultura comunitária
conteúdo

Notícias

Codevasf promove curso sobre plano de negócio para apicultura comunitária

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) promoveu, nesta quinta-feira, 28, o curso “Plano de negócio em apicultura de base comunitária”. Realizado no auditório da Codevasf em Aracaju, o treinamento capacitou mais de 30 apicultores familiares de Sergipe. A ação faz parte do projeto “Florestas Apícolas”, que integra o acordo de cooperação firmado entre a Codevasf e o Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec) em 2015.
publicado: 28/04/2016 15h04, última modificação: 20/06/2018 17h34

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) promoveu, nesta quinta-feira, 28, o curso “Plano de negócio em apicultura de base comunitária”. Realizado no auditório da Codevasf em Aracaju, o treinamento capacitou mais de 30 apicultores familiares de Sergipe. A ação faz parte do projeto “Florestas Apícolas”, que integra o acordo de cooperação firmado entre a Codevasf e o Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec) em 2015.

A capacitação teve como objetivo ensinar os apicultores a desenvolver um plano de negócios para apicultura comunitária e avaliar a viabilidade econômica da atividade, detalhando itens como custos e margem de lucro. O curso foi ministrado pelo engenheiro florestal Ronaldo Fernandes, analista em Desenvolvimento Regional da Codevasf e doutor em Biotecnologia. No período da tarde, o treinamento teve continuidade na Biofábrica de Mudas Vegetais do SergipeTec.

Ronaldo Fernandes, que é também coordenador do projeto “Florestas Apícolas”, explicou que a profissionalização do apicultor é um complemento às ações já realizadas pela Codevasf. “Tendo em vista o grande investimento feito pela Codevasf na doação de colmeias e materiais, é importante tornar o apicultor um empreendedor e a criação de um plano de negócios é só o início desse trabalho”, declarou.

O apicultor Genival Arruda, um dos participantes do treinamento, disse que o curso reforça os seus conhecimentos sobre a atividade. “A Codevasf é uma parceira importante para estimular a produção no campo, principalmente dos apicultores. Sergipe vem tendo atenção da Codevasf para que a apicultura seja mais desenvolvida e eficaz, ajudando a melhorar renda e a qualidade de vida dos criadores de abelhas”, disse o produtor.

Antônio Porfírio, superintendente regional substituto da Codevasf em Sergipe, disse que a companhia está empenhada em contribuir para o desenvolvimento econômico das comunidades rurais em sua área de atuação. “O trabalho que nós desenvolvemos na área da apicultura tem sido muito positivo. A Codevasf está de portas abertas para atender às demandas apresentadas pela população”, afirmou Porfírio.

Em Sergipe, a Codevasf investiu mais de R$ 1 milhão em ações do eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria voltadas à apicultura. Executada com recursos da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI), a iniciativa já beneficiou mais de 280 famílias em situação de extrema pobreza. Durante a cerimônia de abertura do curso, houve a apresentação do Coral Harmonia, formado por empregados da Codevasf e da Embrapa Tabuleiros Costeiros.

Cooperação

Nesta sexta-feira, 29, será ofertada outra capacitação no âmbito do acordo de cooperação técnica firmado entre a Codevasf e o SergipeTec. O curso de reciclagem de conhecimento em cultura de tecido vegetal será realizado na Biofábrica de Mudas Vegetais do SergipeTec e irá contemplar 10 técnicos que trabalham com a produção de mudas no local. O treinamento também ofertará vagas para estudantes da Universidade Federal de Sergipe.

Formalizado em julho de 2015, o acordo de cooperação técnica firmado entre a Codevasf e o SergipeTec prevê a realização de ações conjuntas para o desenvolvimento do Baixo São Francisco sergipano. Inicialmente, a parceria contempla os projetos ‘Águas do São Francisco’ e ‘Nascentes do São Francisco’ e ‘Florestas Apícolas’, além de ações para capacitação de técnicos da Codevasf e para o fortalecimento de arranjos produtivos locais. O acordo de cooperação possui vigência inicial de cinco anos, podendo ser prorrogado ao final desse período.

Veja fotografia no perfil da Codevasf no Flickr:
https://www.flickr.com/photos/codevasf/26093874703

Ouça a Rádio Codevasf:
https://soundcloud.com/codevasf