Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2016 > Codevasf inicia negociação do Acordo Coletivo de Trabalho 2016/2017
conteúdo

Notícias

Codevasf inicia negociação do Acordo Coletivo de Trabalho 2016/2017

A negociação do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2016/2017 da Codevasf teve início na tarde dessa segunda-feira (18) na sede da empresa, em Brasília. Na reunião, aberta pelo presidente da Codevasf, Felipe Mendes, e com a participação do Sinpaf, foi assinada a prorrogação da vigência do ACT 2015/2016 até 30 de junho deste ano.
publicado: 19/04/2016 16h29, última modificação: 20/06/2018 17h34

A negociação do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2016/2017 da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) teve início na tarde dessa segunda-feira (18) na sede da empresa, em Brasília. Na reunião, aberta pelo presidente da Codevasf, Felipe Mendes, e com a participação do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf), foi assinada a prorrogação da vigência do ACT 2015/2016 até 30 de junho deste ano.

O presidente Felipe Mendes ressaltou a importância do diálogo entre Codevasf e Sinpaf e a necessidade de observar os reflexos da situação atual do país nas negociações do acordo coletivo. “Nós também precisamos seguir orientações do Ministério da Integração Nacional e do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest) do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão”, explicou.

Para o diretor da Área de Gestão dos Empreendimento de Irrigação, Luís Napoleão Casado, a experiência da Codevasf e do Sinpaf devem contribuir para o andamento das negociações. “Temos que manter o bom senso e buscar agilidade a fim de que todos sejam vitoriosos”, afirmou.

“Vamos auxiliar no que for necessário para garantir a melhor proposta para os funcionários da Codevasf”, completou o diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura, Luiz Augusto Fernandes.

O presidente do Sinpaf, Julio Guerra, disse que, apesar de algumas divergências, acredita que o processo de negociação deve ocorrer com certa tranquilidade dentro da situação geral do país.

O gerente de Gestão de Pessoas, Adalberto Marques, destacou que a equipe técnica da Codevasf está à disposição para encontrar soluções para o ACT 2016/2017. “Será um grande desafio encontrar soluções criativas para o acordo coletivo. Mas também temos a possibilidade de nos reinventarmos nas cláusulas que não envolvem propostas financeiras e repensá-las da melhor forma possível”, disse.

Também participaram da reunião: Plácido Cardoso de Melo Júnior (gerente executivo interino da Área de Gestão Administrativa e Suporte Logístico); Cristiane Frez, Deborah Favato e Michele Chitko (AA/GGP/URT); Cláudia Alves Borges (AA/GGP/UBS); Marcelo Guimarães (AA/GGP/UDP); Sane Rejane Baptista (AA/GGP/UCP); Renila Bragagnoli (PR/AJ/UCO); e Antônio Barbosa Souza, Guiomar Rodrigues de Carvalho e Flávio José de Souza (Sinpaf).