Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Visita técnica a cooperativa agropecuária familiar na Bahia
conteúdo

Notícias

Visita técnica a cooperativa agropecuária familiar na Bahia

Uma comissão formada por técnicos da Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro (BA), equipe da Assistência Técnica da empresa Plantec e produtores membros da Associação dos Fruticultores do Perímetro Curaçá (Afrupec), participou, na semana passada, de uma visita técnica às instalações da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), em Uauá (BA). Também fizeram parte do grupo dois representantes da Associação Comunitária Agropastoril de Juremal.
publicado: 06/09/2010 11h49, última modificação: 20/06/2018 17h09

Uma comissão formada por técnicos da Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro (BA), equipe da Assistência Técnica da empresa Plantec e produtores membros da Associação dos Fruticultores do Perímetro Curaçá (Afrupec), participou, na semana passada, de uma visita técnica às instalações da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), em Uauá (BA). Também fizeram parte do grupo dois representantes da Associação Comunitária Agropastoril de Juremal.

O objetivo foi aprimorar os conhecimentos dos membros da Afrupec por meio das experiências adquiridas pela Coopercuc, considerada referência em gestão cooperativista, beneficiamento e comercialização de produtos da agricultura familiar, em especial dos produtos oriundos do extrativismo de plantas nativas do bioma caatinga, como o umbú e o maracujá nativo, que são transformados em geleia, polpas, sucos, picles e outros, com grande aceitação nos mercados nacional e internacional.

Na programação da visita foi realizada uma palestra sobre as dificuldades, desafios e avanços da Cooperativa, que teve seu marco de comercialização de produtos certificados iniciado em 2007, para no ano seguinte conseguir a Certificação Orgânica Nacional e Fair Trade, época na qual foi realizada a primeira exportação de produtos para a Áustria.

A Coopercuc foi constituída em 2003 e legalizada no ano seguinte graças a iniciativa de 44 mulheres agricultoras. Atualmente, a entidade conta com 144 cooperados entre mulheres e homens, distribuídos nos municípios de Uauá, Canudos e Curaçá, onde funcionam minifábricas de beneficiamento e comercialização de produtos, envolvendo aproximadamente 16 grupos comunitários formados basicamente de mulheres e jovens, beneficiando assim cerca de 300 famílias de pequenos produtores.

Agora os membros da cooperativa planejam aumentar a oferta de produtos incluindo derivados da manga, goiaba e banana, como calda para sorvete, frutas secas e polpa integral. Segundo Joselito Menezes, da Gerência de Gestão Estratégica da Codevasf em Juazeiro, “a experiência da Coopercuc demonstra que a economia solidária acontece através de um jeito diferente de produzir, vender e comprar, sem explorar ou destruir o meio ambiente, baseados na cooperação, organização, autogestão, solidariedade promoção de dignidade e valorização do meio ambiente e do trabalho humano. Por isso é reconhecida nacional e internacionalmente”. Para ele, “certamente essa visita técnica contribuirá para o aprimoramento do desenvolvimento organizacional da Afrupec, nos aspectos de produção, agroindustrialização e dos elementos de gestão”.