Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Unidade de Beneficiamento de Pescado
conteúdo

Notícias

Unidade de Beneficiamento de Pescado

A visita técnica à Unidade de Beneficiamento de Pescado em Bocaina, Piauí, reuniu diversas autoridades na última terça-feira, dia 3
publicado: 04/04/2007 08h22, última modificação: 20/06/2018 17h07


A visita técnica à Unidade de Beneficiamento de Pescado em Bocaina, Piauí, reuniu diversas autoridades na última terça-feira, dia 3. A ação fez parte da Festa do Peixe realizada pelo Governo do Estado em conjunto com a Codevasf, a Prefeitura de Bocaina, e a Cooperativa Aqüícola Regional de Picos (COAP). Para o presidente da Codevasf, Luiz Carlos Everton de Farias, Bocaina é o grande exemplo em piscicultura, onde estão sendo implantados projetos que não comprometem o meio ambiente. "Esse é um case de sucesso para toda região, com um nível de organização muito bom. O município se tornou um centro de referência do pescado para os vales do Parnaíba e do São Francisco", afirma o presidente.

O governador do Piauí, Wellington Dias, lembrou da importância das parcerias com a Codevasf, o Sebrae, a COAP e a prefeitura de Bocaina para o sucesso do projeto. "Essa forma integrada de atuação aliada à força dos que trabalham com o peixe, que nos permite passar de 35 toneladas de produção inicial para as 450 toneladas por ano", afirmou o governador.

Para o prefeito de Bocaina, Francisco Macedo, as parcerias também são de grande validade e reafirmou a importância da geração de renda para a região. "A unidade irá atrair novos investimentos e já incentivou a abertura de outras três novas associações de piscicultura, que irão instalar mais 600 tanques-redes", afirmou o prefeito.

Durante a visita, a engenheira de pesca da Superintendência Regional da Codevasf no Piauí, Janleide Costa, apresentou aos convidados os detalhes da obra. "Essa Unidade materializa a missão da Codevasf de gerar emprego e renda, inclusão social, eliminar a fome e a miséria, melhorando a qualidade de vida das comunidades", concluiu Janleide.

A Unidade está sendo adequada para atender exigências do Serviço de Inspeção Federal (SIF), que certificará o local para receber o selo que permite a venda de produtos de origem animal industrializados ou não. Os equipamentos estão sendo instalados e testados. A estimativa é que mais de 250 famílias poderão vender o peixe para que ele seja beneficiado na unidade.

A Unidade de Beneficiamento de Pescado de Bocaina fará o tratamento do pescado para a produção de filé de Tilápia. Além disso, o produto será embalado e congelado para a comercialização.