Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Salitre é exemplo de sustentabilidade em congresso de irrigação
conteúdo

Notícias

Salitre é exemplo de sustentabilidade em congresso de irrigação

O Perímetro de Irrigação Salitre, localizado em Juazeiro (BA), foi usado como modelo eficiente no uso da água para a agricultura irrigada. Isso ocorre, entre outras medidas, por causa do sistema utilizado para irrigar os lotes agrícolas, por gotejamento ou microaspersão. A sustentabilidade hídrica do perímetro foi apresentada em forma de seminário pelo diretor da Área de Revitalização da Codevasf, Guilherme Almeida, dentro do 21º Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem.
publicado: 23/11/2011 11h37, última modificação: 20/06/2018 17h12

O Perímetro de Irrigação Salitre, localizado em Juazeiro (BA), foi usado como modelo eficiente no uso da água para a agricultura irrigada. Isso ocorre, entre outras medidas, por causa do sistema utilizado para irrigar os lotes agrícolas, por gotejamento ou microaspersão. A sustentabilidade hídrica do perímetro foi apresentada em forma de seminário pelo diretor da Área de Revitalização da Codevasf, Guilherme Almeida, dentro do 21º Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem.

No seminário do Conird, o diretor da Companhia resgatou o histórico do perímetro, destacando os estudos de classificação de solos realizados para implantar o Salitre. De acordo com Guilherme Almeida, foi realizado um levantamento inédito da drenabilidade do solo. Hoje o Perímetro Salitre contabiliza 60% de ocupação na primeira etapa (são quatro no total) do projeto cuja área global possui 67,4 mil hectares; desse total, 31.305 hectares são de superfície agrícola útil, ou seja, que exclui áreas ocupadas com moradias, estradas, canais e outras estruturas.

A sustentabilidade do Salitre, como explicou o diretor da Codevasf, pode ser atribuída a inúmeros fatores que vão desde a aquisição de equipamentos de última geração, passando pela gestão público-privada e preferência pela irrigação localizada até a seleção dos agro-empreendedores. Conforme o levantamento feito pela Companhia, a grande maioria dos selecionados nessa primeira etapa do Salitre é formada por agricultores (28%), agrônomos (27%) e técnicos agrícolas (21%).

Por fim, Guilherme Almeida abordou as compensações ambientais bancadas pela Codevasf no Salitre. As ações envolvem implantação de saneamento básico, com enfoque no abastecimento de água e esgotamento sanitário. “Somente o programa Água Para Todos está investindo R$ 12 milhões para atender cerca de 1200 famílias às margens do rio Salitrinho”, frisou o diretor de Revitalização.

O 21º Conird se estende até sexta-feira (25), em Petrolina (PE).