Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos em Sergipe
conteúdo

Notícias

Recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos em Sergipe

Como parte das ações continuadas de educação ambiental promovidas pela equipe de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), contratada pela Codevasf, estão sendo realizados diversos mutirões para recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos nos perímetros irrigados de Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume em Sergipe. A ação está em consonância com as diretrizes determinadas pelo Ministério Publico Federal (SE).
publicado: 09/11/2010 08h51, última modificação: 20/06/2018 17h09

Como parte das ações continuadas de educação ambiental promovidas pela equipe de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), contratada pela Codevasf, estão sendo realizados diversos mutirões para recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos nos perímetros irrigados de Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume em Sergipe. A ação está em consonância com as diretrizes determinadas pelo Ministério Publico Federal (SE).

Os irrigantes são orientados a solicitar o receituário agronômico sobre a maneira correta de aplicação dos agrotóxicos e o correto descarte dessas embalagens, no sentido da realização da tríplice lavagem e a devolução dos recipientes aos comerciantes.

Até o momento já foram recolhidas cerca de 2.000 embalagens dos mais diversos tipos de agrotóxicos (inseticidas, fungicidas e herbicidas). O material será enviado para o depósito central de recolhimento de embalagens da Associação dos Revendedores de Defensivos Agrícolas de Sergipe (ARDASE), em parceria com a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário do Estado de Sergipe (EMDAGRO), órgão responsável pela fiscalização do recolhimento das embalagens.

Para a superintendente regional da Codevasf em Sergipe, Silvany Mamlak, essas ações traduzem a realidade do processo produtivo dos perímetros irrigados administrados pela Companhia no estado, onde a produção tem que ocorrer de forma sustentável.