Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Produção de maçã no Vale do São Francisco pode render duas safras por ano
conteúdo

Notícias

Produção de maçã no Vale do São Francisco pode render duas safras por ano

A produção de maçã no Vale do São Francisco pode render duas colheitas por ano. A afirmação foi feita pelo pesquisador da Embrapa Semiárido, Paulo Roberto Lopes, em palestra promovida no estande do Ministério da Integração Nacional e da Codevasf, durante a 22ª Feira Nacional de Agricultura Irrigada – Fenagri 2011 em Juazeiro (BA).
publicado: 02/08/2011 15h54, última modificação: 20/06/2018 17h11

A produção de maçã no Vale do São Francisco pode render duas colheitas por ano. A afirmação foi feita pelo pesquisador da Embrapa Semiárido, Paulo Roberto Lopes, em palestra promovida no estande do Ministério da Integração Nacional e da Codevasf, durante a 22ª Feira Nacional de Agricultura Irrigada – Fenagri 2011 em Juazeiro (BA). As pesquisas para adaptar essa fruteira ao clima do Semiárido vêm sendo realizadas há seis anos no campo experimental do Perímetro de Irrigação Bebedouro, em Petrolina (PE), com recursos da Companhia.

Segundo Paulo Roberto, este ano, serão iniciados novos experimentos com a fruta na região. “O objetivo com a maçã é colher e vender, e não ter toda aquela estrutura de armazenamento e conservação de fruta que é muito cara. E aqui no Vale do São Francisco, em qualquer época do ano, é possível produzir maçã como se produz manga, uva”, informou. Ainda segundo o pesquisador, os testes com uma safra anual já mostram resultados animadores. “Na variedade que está se comportando melhor, tiramos 40 toneladas de frutos por hectare já no segundo ano de produção”, explicou.

O projeto científico para diversificação de culturas no Vale do Francisco recebe financiamento da Codevasf, Banco do Nordeste e Governo de Pernambuco. Desde 2006, somente a Companhia direcionou R$ 1,7 milhão para as pesquisas e, para este ano, está programado o repasse de mais R$ 500 mil. Além da maçã, estão sendo pesquisadas outras variedades de frutas, dentre as quais merecem destaque pêra, caqui, cacau e frutas cítricas como a laranja e o pomelo.

Na palestra para os fruticultores da região, o pesquisador Paulo Roberto fez questão de ressaltar as características físicas da maçã produzida no Vale do São Francisco. “Você pode ver a qualidade, sem nenhuma doença. As principais doenças que ocorrem no Sul do país, nós não temos aqui”, frisou.