Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Parceria Codevasf e APAEs
conteúdo

Notícias

Parceria Codevasf e APAEs

O Centro de Capacitação e Treinamento–Projeto Amanhã, no Perímetro Irrigado de Formoso, em Bom Jesus da Lapa (BA), inova na realização do curso de artesanato ao incluir jovens com deficiência leve entre os participantes
publicado: 16/07/2007 15h28, última modificação: 20/06/2018 17h07

O Centro de Capacitação e Treinamento – Projeto Amanhã, no Perímetro Irrigado de Formoso, em Bom Jesus da Lapa (BA), está inovando na realização do curso de artesanato utilizando a fibra de bananeira. Dentre os 25 participantes, estão jovens com deficiência leve. A ação faz parte do Programa de Inclusão Social de Jovens portadores de necessidades especiais leves desenvolvido pelo Projeto Amanhã, desde 2005 em Montes Claros, em parceria com as APAEs - Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais, existentes nas áreas de atuação da Codevasf.

Dentre vários candidatos assistidos pela APAE de Bom Jesus da Lapa, foram selecionados pela Coordenadoria Pedagógica do CCT/PAM, com colaboração da Diretoria daquela instituição, cinco jovens rurais, de famílias menos favorecidas, portadores de deficiência leve.

Geralmente, as capacitações profissionais para portadores de necessidades especiais são específicas para os portadores de deficiências, não havendo a integração e o convívio com outros jovens. No entanto, esse curso foi elaborado, e está sendo ministrado, com todo os cuidados e acompanhamento pedagógico necessários, no que se refere à aceitação da diversidade do grupo, a visibilidade às boas práticas e valores de ética e solidariedade humana, conscientização dos outros participantes do grupo.

A diretora da APAE, Zelice Pereira de Santana, ressaltou que "é de fundamental importância essa iniciativa da Codevasf, pois sempre buscamos parceiros dentre instituições estaduais, municipais e até mesmo particulares, mas sempre encontramos inúmeras barreiras nas realizações de projetos e serviços".

Devido a grande aceitação do curso pelos pais e, principalmente pelos jovens especiais, já está sendo programada a realização de novos cursos com o apoio da APAE/Bom Jesus da Lapa, tais como confecções de bijuterias, horta orgânica, artesanato e cultivo de ervas medicinais, visando contribuir para o exercício da cidadania e reforçando a competência produtiva que os jovens portadores de necessidades especiais têm a oferecer ao mercado de trabalho.

Os resultados obtidos por meio da experiência piloto na Superintendência Regional em Montes Claros motivou a reaplicação gradativa do Programa nas outras Superintendências Regionais.

O Programa objetiva contribuir e apoiar a inclusão sócioeducacional de jovens portadores de necessidades especiais leves, de maneira consciente e integrada, à rotina das atividades produtivas executadas nas Unidades e Centro de Capacitação e Treinamento, em parceria com as APAEs.