Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Negócio Certo Rural chega a perímetros irrigados de Sergipe
conteúdo

Notícias

Negócio Certo Rural chega a perímetros irrigados de Sergipe

A Codevasf promove, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR/SE, a implementação do programa Negócio Certo Rural (NCR) para os irrigantes que desenvolvem suas atividades produtivas nos três perímetros situados em Sergipe. O objetivo é contribuir com o sucesso das atividades produtivas desenvolvidas nos perímetros irrigados de Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume.
publicado: 21/08/2012 16h18, última modificação: 20/06/2018 17h14

A Codevasf promove, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR/SE, a implementação do programa Negócio Certo Rural (NCR) para os irrigantes que desenvolvem suas atividades produtivas nos três perímetros situados em Sergipe. O objetivo é contribuir com o sucesso das atividades produtivas desenvolvidas nos perímetros irrigados de Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume.

A mobilização dos produtores é realizada pela equipe de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), que atua nos perímetros irrigados. A apresentação do programa já está sendo realizada pela equipe de instrutores do SENAR/SE.

O Negócio Certo Rural visa à melhoria da gestão das atividades praticadas nas propriedades rurais, promover a mudança de comportamento e de atitude dos produtores rurais, incentivar os jovens a identificarem ideias de negócio na propriedade familiar e contribuir para a geração de renda, melhorando a qualidade de vida dos produtores e de seus familiares.

O programa prevê seis etapas de aprendizagem: realizar o diagnóstico da propriedade; identificar ideias de negócio; descrever o negócio; verificar a viabilidade do negócio; organizar e administrar o negócio e relacionar o negócio com o mercado.

Ao final do programa, o irrigante será capaz de identificar as potencialidades e deficiências de sua propriedade, planejar e melhorar as atividades atuais ou novas ideias de negócio, planejar, organizar e avaliar os resultados do negócio, estudar o mercado e ter estratégias para melhor comercializar sua produção e melhorar as formas de diminuir riscos, atuando junto de outros produtores com interesse semelhantes, alavancando assim o associativismo e o cooperativismo.

Metas - O programa tem carga horária total de 36h, sendo 30h em sala de aula e seis de consultoria. A meta inicial do programa para os perímetros irrigados de Propriá, Cotinguiba/Pindoba e Betume é capacitar cerca de 200 irrigantes.

Para o chefe da unidade de apoio a produção da Codevasf em Sergipe, engenheiro agrônomo Ricardo Martins, a implementação deste programa fará com que o irrigante tenha noções claras de como identificar os problemas que afetam todo processo produtivo de sua atividade, bem como viabilizar as soluções adequadas para cada dificuldade encontrada. Assim, o programa contribui para a melhoria da gestão da propriedade rural por meio da capacitação, tendo como foco principal o empreendedorismo.