Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Mais um município do agreste alagoano receberá ações de erradicação da miséria executadas pela Codevasf
conteúdo

Notícias

Mais um município do agreste alagoano receberá ações de erradicação da miséria executadas pela Codevasf

O município de São Sebastião, no agreste alagoano, já tem seu Comitê Gestor Municipal para receber as ações do programa Água para Todos e as de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria. Cerca de 200 moradores participaram da formação do comitê, que aconteceu sob a coordenação da Codevasf. A ação provê o município de um aliado na busca ativa por famílias em situação de pobreza extrema e com acesso restrito à água.
publicado: 12/06/2013 12h11, última modificação: 20/06/2018 17h16

O município de São Sebastião, no agreste alagoano, já tem seu Comitê Gestor Municipal para receber as ações do programa Água para Todos e as de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria. Cerca de 200 moradores participaram da formação do comitê, que aconteceu sob a coordenação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A ação provê o município de um aliado na busca ativa por famílias em situação de pobreza extrema e com acesso restrito à água.

Segundo o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Luiz Alberto Moreira, o Comitê Gestor Municipal de São Sebastião atuará tanto nas ações de universalização do acesso à água, com a implantação de 2.716 cisternas com capacidade para 16 mil litros de água nas residências de famílias, quanto nas ações de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

“São Sebastião integra uma região do agreste com forte vocação para a mandiocultura. Temos também outras atividades produtivas apoiadas pela Codevasf por meio do Plano Brasil Sem Miséria, a exemplo da horticultura, bovinocultura, economia criativa. A definição das áreas para projetos de inclusão produtiva somente ocorrerá após o trabalho de uma equipe técnica a ser contratada pela companhia para identificar as vocações locais”, explicou o superintendente regional da Codevasf em Alagoas.

Segundo Thiago Cedraz, coordenador de mobilização social do programa, o trabalho de cadastramento de potenciais beneficiários já teve início em São Sebastião. As primeiras cisternas, de acordo com ele, devem ser instaladas nas próximas duas semanas. “Após a definição das iniciativas de inclusão produtiva, a mesma família que recebeu cisterna também será incluída em alguma atividade de acordo com sua aptidão. Ela receberá equipamentos, materiais e assistência técnica para produzir, o que irá gerar renda e trabalho para essa população”, observou. O programa Água para Todos é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional (MI) e executado pela Codevasf em sua área de atuação. 

O Comitê Gestor Municipal de São Sebastião é composto por 22 membros voluntários, sendo 11 titulares e 11 suplentes, e possui representantes de diversas organizações da sociedade civil e do poder público municipal, entre elas associações de moradores, de deficientes físicos, de mulheres indígenas da etnia Karapotó, de mulheres rurais, do Movimento Minha Terra, das igrejas evangélicas e católica, do sindicato dos trabalhadores rurais, entre outras.

Valdir Salgueiro foi um dos eleitos para compor o Comitê Gestor Municipal de São Sebastião e atuará na função de coordenador. Ele representa a Igreja Católica no colegiado, que tem entre suas funções acompanhar e controlar as ações do programa e o processo de enquadramento das famílias nos critérios do Plano Brasil Sem Miséria. Para ele, a chegada das ações do Plano no município significa a certeza de melhoria da qualidade de vida da população, que sofre com escassez hídrica e poucas oportunidades de trabalho e renda.

“A vinda das cisternas para as famílias humildes de nosso município colocará fim à longa jornada de famílias que andam quilômetros e mais quilômetros com um balde na cabeça para ter acesso a água. Essas pessoas não terão mais que andar tanto para ter água para as atividades da família. A população de São Sebastião também ganhará muito com as ações para incluir as famílias na produção. Essas ações podem fixar essas famílias no campo, reduzindo o êxodo e o inchaço das cidades”, comemorou o coordenador do Comitê Gestor Municipal de São Sebastião.

Salgueiro ainda afirmou que a função do coordenador do comitê é um desafio, mas que o colegiado atuará sempre a serviço da comunidade. “A formação do comitê foi bastante democrática e está refletida na pluralidade de organizações representadas, como povos indígenas, mulheres, agricultores. Atuaremos junto à Codevasf para erradicar a miséria em nosso município e trazer qualidade de vida à população de São Sebastião”, disse.

O evento para eleição do comitê foi realizado no Clube Municipal de São Sebastião e contou com a presença do coordenador regional do Programa Água para Todos na Codevasf em Alagoas, Eduardo Motta, da chefe da Unidade Regional de Desenvolvimento Territorial da companhia em Alagoas, Solange Marcelino, do prefeito de São Sebastião, Charles Pacheco, além de secretários municipais, lideranças comunitárias e demais representantes da sociedade civil organizada do município.