Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Licitação para gestão da Unidade de Beneficiamento de Pescado de Bocaina (PI)
conteúdo

Notícias

Licitação para gestão da Unidade de Beneficiamento de Pescado de Bocaina (PI)

A Codevasf realizará licitação para concessão de uso da Unidade de Beneficiamento de Pescado implantada no Município de Bocaina (PI), a 340km de Teresina. A data de recebimento das propostas e documentação dos concorrentes será no dia 22 de novembro de 2010.
publicado: 13/10/2010 08h50, última modificação: 20/06/2018 17h09

A Codevasf realizará licitação para concessão de uso da Unidade de Beneficiamento de Pescado implantada no Município de Bocaina (PI), a 340km de Teresina. O objetivo é atrair investidores para realizar a gestão do empreendimento por meio da operação da agroindústria, consórcio e integração com produtores. A data de recebimento das propostas e documentação dos concorrentes será no dia 22 de novembro de 2010. Mais informações estão disponíveis no Edital de Concorrência n.13/2010 - Superintendência Regional de Teresina (PI) - no site da Codevasf (http://licitacao.codevasf.gov.br/licitacoes/7a-superintendencia-regional-teresina-pi/concorrencia/edital-no-13-2010/) ou no Comprasnet (www.comprasnet.gov.br), além do Diário Oficial da União nº192, de 06/10/2010.

No município de Bocaina, encontra-se uma barragem que hoje é uma referência na piscicultura piauiense. As primeiras ações voltadas para o fortalecimento da atividade na região iniciaram-se em 2005 com o fornecimento, por parte da Codevasf, de 70 tanques-rede aos integrantes da Cooperativa Aquícola da Microrregião de Picos – COAP. Daquela época até hoje, o arranjo produtivo se consolidou e atualmente são explorados cerca de quinhentos tanques-rede, com produção superior a 240 toneladas/ano.

Visando fortalecer a cadeia produtiva, a partir de uma demanda dos produtores e instituições parceiras, foi construída pela Codevasf a Unidade de Beneficiamento de Pescado, com investimentos da ordem de R$ 1 milhão, tendo como finalidade atuar como elo entre produção, processamento e comercialização do pescado, agregando valor e atraindo investidores tanto na base produtiva quanto nas demais etapas relacionadas.