Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Governador Jackson Lago (MA) visita Codevasf
conteúdo

Notícias

Governador Jackson Lago (MA) visita Codevasf

O presidente da Codevasf, Orlando Cezar da Costa Castro, recebeu nesta quarta-feira, 17, o governador do Maranhão, Jackson Lago, e deputados da bancada maranhense
publicado: 17/10/2007 16h19, última modificação: 20/06/2018 17h08

O presidente da Codevasf, Orlando Cezar da Costa Castro, recebeu nesta quarta-feira, 17, o governador do Maranhão, Jackson Lago, e deputados da bancada maranhense. O objetivo do encontro foi estreitar a relação entre a empresa e o estado, que também será atendido com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para obras de saneamento. Já foram lançados pela Codevasf editais de licitação para seis municípios do Maranhão. Outros sete estão com  projetos em análise e um com projeto em elaboração.

Para o presidente da Companhia, essa aproximação com o governador é importante “Com isso, as ações no Maranhão irão fluir naturalmente”, afirmou. Ele lembrou que haverá cooperação técnica entre a Codevasf, os municípios e o governo do estado para a execução das obras, que serão acompanhadas de perto. “Cobrarei os resultados”, garantiu. 

Na visão do governador o primeiro encontro com o dirigente da Codevasf foi positivo. Para ele, a atuação da Codevasf no Maranhão será de grande importância para atender as questões sanitárias dos municípios da bacia do rio Parnaíba. “As obras de saneamento atingem dois pontos fundamentais: a saúde pública e a preservação ambiental”, afirmou Lago, que espera estar mais próximo à Companhia a partir de agora.

Superintendência
Quanto à instalação de uma Superintendência Regional (SR) da Codevasf no Maranhão, que atualmente é atendido pela 7ª SR localizada no Piauí, o presidente falou que está sendo feita uma avaliação do município, baseada em critérios técnicos. Entretanto, disse que a presença da SR no estado não é fator determinante para a atuação da Companhia. “O superintendente no Piauí está empenhado em atender as necessidades dos dois estados”, conclui.