Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Fruticultura em Itiúba
conteúdo

Notícias

Fruticultura em Itiúba

Vinte jovens rurais da Comunidade de Carnaíbas têm a oportunidade de ampliar a renda familiar e, assim, melhorar a qualidade de vida por meio do curso de Processamento de Frutas.
publicado: 05/07/2007 10h12, última modificação: 20/06/2018 17h07


Vinte jovens rurais da Comunidade de Carnaíbas têm a oportunidade de ampliar a renda familiar e, assim, melhorar a qualidade de vida por meio do curso de Processamento de Frutas. O curso ministrado pela assistente social da EMATER (AL), Carmelita Marques de Souza Dantas, está sendo realizado na sede da Unidade de Capacitação e Treinamento do Projeto Amanhã de Itiúba no município de Porto Real do Colégio (AL).

O curso, que faz parte da programação dos eventos a serem realizados este ano na Unidade, visa qualificar os jovens rurais por meio do conhecimento em técnicas agroindustriais, principalmente no processamento de frutas, criando alternativas de inserção no mercado de produtos que agregam valor e renda à economia familiar.

De acordo com as normas sanitárias, o curso aborda noções de beneficiamento de frutas, higiene e boas práticas na fabricação de compotas, geléias, frutas cristalizadas, doces em pasta, finalização dos produtos e rotulagem.

A agroindustrialização de frutas, matéria-prima existente e excedente no Perímetro de Itiúba (AL) é uma prática que se consolida cada vez mais como importante possibilidade de agregação de valor, geração de emprego e renda, instrumento para o desenvolvimento local e o fortalecimento da ação produtiva da fruticultura.