Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Famílias de Arapiraca (AL) começam a receber cisternas do Água para Todos
conteúdo

Notícias

Famílias de Arapiraca (AL) começam a receber cisternas do Água para Todos

As mais de 2 mil cisternas de polietileno para consumo humano de água previstas para serem instaladas até o final desse ano em Arapiraca (AL), dentro do programa Água para Todos, começaram a ser recebidas esta semana pelas famílias do município, cujo cadastramento e validação vinham sendo feitos desde abril. Estrela de Alagoas, no sertão alagoano, e Craíbas, que integra o agreste de Alagoas - assim como Arapiraca -, foram os primeiros a receber as cisternas, que deverão contemplar, numa primeira fase, 7.429 famílias do semiárido do estado, de acordo com a meta da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).
publicado: 26/07/2012 10h48, última modificação: 20/06/2018 17h13

As mais de 2 mil cisternas de polietileno para consumo humano de água previstas para serem instaladas até o final desse ano em Arapiraca (AL), dentro do programa Água para Todos, começaram a ser recebidas esta semana pelas famílias do município, cujo cadastramento e validação vinham sendo feitos desde abril. Estrela de Alagoas, no sertão alagoano, e Craíbas, que integra o agreste de Alagoas - assim como Arapiraca -, foram os primeiros a receber as cisternas, que deverão contemplar, numa primeira fase, 7.429 famílias do semiárido do estado, de acordo com a meta da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Arapiraca foi um dos municípios onde a presidenta Dilma Rousseff esteve pessoalmente para lançar, no ano passado, o Plano Brasil sem Miséria - plano de erradicação da pobreza extrema coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), com ações executadas por diversos ministérios.

As ações do Água para Todos em Arapiraca tiveram início em abril deste ano com o trabalho de cadastramento e validação de famílias potencialmente beneficiárias do programa a partir de dados do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadUnico) - o mesmo que alimenta o programa Bolsa Família. Para isso, foram cadastradas até o momento 1.215 famílias em 53 povoados.

As primeiras cisternas para consumo humano do Água para Todos em Alagoas foram instaladas no povoado Corredor. Em seguida, os trabalhos foram estendidos para os povoados Itapecuru, Mundo Novo e Assentamento Ceci Cunha, Bom Nome 2 e Lagoa Cavada.

Para execução do programa em Arapiraca foi formado um Comitê Gestor Municipal do Água para Todos, constituído por representantes do poder público local e de instituições da sociedade civil como associações, sindicatos, igrejas, prefeitura municipal, entre outros. O comitê é responsável por acompanhar todas as fases da iniciativa do Governo Federal, constituindo-se num elo entre as comunidades e a Codevasf. Além disso, cada comunidade beneficiada organizou sua Comissão Comunitária eleita pelos membros do próprio povoado, que tem como papel acompanhar a execução do programa em sua localidade.

Na segunda fase do programa, que deverá ter início em 2013, serão implantadas cisternas para produção de alimentos em comunidades rurais difusas, com o objetivo promover a segurança alimentar da família e possibilitar a geração de renda e trabalho com a comercialização do excedente. Arapiraca também será contemplada com cisternas para produção de alimentos.

Na execução do programa em Alagoas o Governo Federal, por meio da Codevasf – vinculada ao Ministério da Integração Nacional (MI) -, está investindo cerca de R$ 12 milhões somente nos projetos que serão executados nesta primeira fase.

Integrante do Plano Brasil Sem Miséria, o programa Água para Todos possui como meta para 2012 em Alagoas implantar 7.429 cisternas de polietileno para consumo nos municípios de Estrela de Alagoas, Craíbas, Arapiraca, Delmiro Gouveia, Piranhas, Belo Monte e Traipu.