Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Encontro discute assistência técnica na Bahia
conteúdo

Notícias

Encontro discute assistência técnica na Bahia

Técnicos da Codevasf e funcionários das empresas Plantec, Projetec, Plena e JM participaram do II Encontro Interno sobre Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), que foi realizado durante toda a manhã da segunda-feira (27) no auditório da Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro (BA).
publicado: 28/09/2010 09h48, última modificação: 20/06/2018 17h09

Técnicos da Codevasf e funcionários das empresas Plantec, Projetec, Plena e JM participaram do II Encontro Interno sobre Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), que foi realizado durante toda a manhã da segunda-feira (27) no auditório da Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro (BA). A promoção foi da Gerência Regional de Irrigação (GRI), por meio da Unidade de Apoio à Produção (UAP). Entre os objetivos do encontro estavam o de integrar as equipes de assistência técnica e extensão rural das empresas que atuam nos perímetros irrigados da região, discutir as dificuldades enfrentadas pelos profissionais e os resultados obtidos junto aos irrigantes, além de buscar a sistematização e otimização dos serviços de ATER.

A programação começou com a apresentação dos técnicos da empresa Plantec, que atua nos perímetros irrigados de Curaçá, Maniçoba, Mandacaru e Tourão. Em seguida representantes da Projetec apresentaram alguns dados estatísticos sobre produção e a situação atual do perímetro irrigado Pedra Branca, localizado no município de Curaçá.

Na apresentação dos técnicos da JM Engenheiros Consultores Ltda, também foi realizada uma análise das principais dificuldades encontradas pela extensão rural na aplicação de ações voltadas ao desenvolvimento regional nos perímetros irrigados de Glória e Rodelas, no nordeste do estado.

Durante as apresentações as equipes mostraram números que comprovam o aumento da produção e da produtividade nos perímetros de irrigação atendidos pela ATER. Um exemplo é o de Curaçá, onde as culturas predominantes são a manga, o coco e a melancia. Segundo as estimativas, em 2007 a produtividade do coco foi de 22,5% por hectare, gerando cerca de R$ 1,8 milhão de receita bruta. Em 2009, a produtividade chegou a 66,6%/ha, gerando uma receita bruta de R$ 6,5 milhões.

TEMAS DE INTERESSE PARA A ÁREA

O incentivo à organização dos produtores também foi outro tema das palestras. Entre os destaques foram citadas a Associação dos Fruticultores do Perímetro de Curaçá, que possui 62 filiados, e a Manga Brasil, em Maniçoba, com 54 associados. Já em Mandacaru, a Associação dos Produtores do Perímetro Irrigado (APPIM) registra 21 produtores.

A Preocupação com o meio ambiente, a modernização dos sistemas de produção, e a necessidade de um comércio justo foram outros temas abordados pelas equipes durante o encontro.

Na parte final da programação os técnicos das empresas Plena e Projetec, responsável pela administração compartilhada do projeto Salitre, também participaram, e apresentaram o novo modelo de ATER que deverá ser empregado no projeto.

Como conclusão do encontro foram apresentadas sugestões sobre os novos rumos da assistência técnica e extensão rural, novas possibilidades para resolver velhos problemas, o uso da tecnologia para tornar mais transparente e imediata as informações, e a formação de bancos de dados atualizados como suporte à tomada de decisões.

Outro encontro semelhante deverá ser realizado ainda este ano para uma melhor sistematização das ações de ATER nos perímetros irrigados.