Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Cooperação entre Codevasf e República de Angola na área de piscicultura dá novo passo
conteúdo

Notícias

Cooperação entre Codevasf e República de Angola na área de piscicultura dá novo passo

A cooperação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) com a República de Angola para desenvolvimento da piscicultura familiar naquele país da costa ocidental da África está dando novo passo nesta semana. A engenheira de pesca da Companhia, Ana Helena Gomes, iniciou nesta quarta (17) uma série de visitas técnicas para acompanhar, ao longo de quinze dias, alguns dos dez técnicos treinados durante seis meses sob sua coordenação no Centro Integrado Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Betume, em Neópolis, Sergipe, e que trabalham para o Instituto de Desenvolvimento da Pesca Artesanal e da Aquicultura de Angola (IDPAA).
publicado: 17/07/2013 17h37, última modificação: 20/06/2018 17h17

A cooperação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) com a República de Angola para desenvolvimento da piscicultura familiar naquele país da costa ocidental da África está dando novo passo nesta semana. A engenheira de pesca da Companhia, Ana Helena Gomes, iniciou nesta quarta (17) uma série de visitas técnicas para acompanhar, ao longo de quinze dias, alguns dos dez técnicos treinados durante seis meses sob sua coordenação no Centro Integrado Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Betume, em Neópolis, Sergipe, e que trabalham para o Instituto de Desenvolvimento da Pesca Artesanal e da Aquicultura de Angola (IDPAA).

Durante sua estada em Angola, Ana Helena irá participar de visitas técnicas a comunidades rurais da província de Cabinda que já tenham iniciado a produção de peixes ou que apresentem potencial para desenvolver a atividade pesqueira. De acordo com a engenheira de pesca, após o sucesso do primeiro ano de cooperação entre os dois países, esta nova etapa irá fortalecer o trabalho dos centros integrados da Codevasf, “tanto por complementar a capacitação dos técnicos angolanos, orientando-os no local da execução de suas atividades, como também por proporcionar a nossos técnicos experiência como extensionistas e instrutores internacionais, além de colaborar para o fortalecimento das relações entre o Brasil e a República de Angola”, disse.

Para o superintendente regional da Codevasf em Sergipe, Paulo Viana, o apoio dado à República de Angola é motivo de orgulho e satisfação para a empresa. “Além das várias ações desenvolvidas no estado, como a instalação de cisternas, perfuração de poços ou revitalização de perímetros irrigados, damos essa contribuição para a melhoria da qualidade de vida em Angola com a inclusão da piscicultura como atividade econômica. Assim, atendendo à política do governo brasileiro, ajudamos no desenvolvimento de um país-irmão, que enfrenta dificuldades”, disse o superintendente.

Aula prática de piscicultura familiar e limnologia Durante os seis meses em que foram treinados em Sergipe, os dez técnicos angolanos aprenderam técnicas de reprodução artificial de peixes, alimentação, produção de alevinos e controle de qualidade da água. O objetivo foi capacitar esses técnicos para operarem centros de apoio à pesca do IDPAA, criados para exercer atividade semelhante aos centros integrados mantidos pela Codevasf e com o objetivo de diversificar a economia primária de Angola e aquecer a economia nacional.

Ao mesmo tempo em que se firma como referência internacional, o Centro Integrado de Betume recebe investimentos da ordem de R$ 4 milhões para reforma e ampliação da unidade. As obras, já em andamento, vão possibilitar o aumento da produção de alevinos (ampliando a capacidade instalada para 8 milhões de alevinos por ano), a inserção de novas espécies de peixes nativos e exóticos e a realização de novas pesquisas. A reforma será concluída em 2014.

Ouça a notícia da Rádio Codevasf:

http://www.codevasf.gov.br/principal/promocao-e-divulgacao/central-de-radio/materias-e-entrevistas-2013/13-cooperacao-entre-codevasf-e-republica-de-angola-na-area-de-piscicultura-da-novo-passo.mp3