Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Convênio garante mais qualidade ao pescado
conteúdo

Notícias

Convênio garante mais qualidade ao pescado

A Unidade de Beneficiamento de Pescado, em Morada Nova de Minas (MG), será adequada aos padrões de qualidade e normas ambientais, visando atender às exigências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para aquisição do Serviço de Inspeção Federal (SIF)
publicado: 19/12/2007 11h32, última modificação: 20/06/2018 17h08

A Unidade de Beneficiamento de Pescado, implantada pela Codevasf em Morada Nova de Minas (MG) dentro do Programa dos Arranjos Produtivos Locais (APLs), será adequada aos padrões de qualidade e normas ambientais, visando atender as exigências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, para aquisição do Serviço de Inspeção Federal (SIF). Esse foi o objetivo de um convênio no valor de R$ 292.994,97 assinado entre a Codevasf e a Prefeitura de Morada Nova de Minas. Os recursos são do Ministério da Integração Nacional. 

Durante a assinatura do convênio, o superintendente da Codevasf em Minas Gerais, Anderson Chaves, informou que, a partir do segundo semestre do próximo ano, a região do Alto São Francisco será dotada de toda estrutura para beneficiamento e comercialização do pescado com padrões de qualidade sanitária exigidos pelos órgãos de normatização. Outro fator importante dessa parceria, será a capacitação de pescadores artesanais, pequenos e médios, em tecnologias de criação de peixes em tanques-rede e no beneficiamento do pescado, de forma econômica e ambientalmente adequada.

Anderson Chaves disse, ainda, que atualmente existem mais de 300 tanques-rede instalados nos municípios próximos ao lago de Três Marias, produzindo aproximadamente 18 mil quilos de pescado por mês. "Esse número tende a crescer muito mais nos próximos anos, razão pela qual a Codevasf se preocupa em dotar aquela região com uma boa estrutura de beneficiamento do pescado", afirma.

O prefeito de Morada Nova de Minas, Walter Francisco de Moura, disse que a criação de peixes em tanques-rede está sendo uma importante alternativa de geração de postos de trabalho e de renda às comunidades de pescadores e de pequenos produtores do entorno do lago de Três Marias. "Acredito que, a partir de agora, será possível a comercialização da produção do pescado em mercados consumidores de outros estados e até mesmo em outros países, fortalecendo assim toda a cadeia produtiva da piscicultura no seu município e região", conclui.