Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf realiza reunião para avaliar assistência técnica em perímetros irrigados de Pernambuco
conteúdo

Notícias

Codevasf realiza reunião para avaliar assistência técnica em perímetros irrigados de Pernambuco

Os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) têm tido atenção especial da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). Por meio deles, produtores dos perímetros irrigados têm obtido conhecimento para melhorar sua colheita e suas vendas.
publicado: 17/07/2012 16h58, última modificação: 20/06/2018 17h13

Os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) têm tido atenção especial da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). Por meio deles, produtores dos perímetros irrigados têm obtido conhecimento para melhorar sua colheita e suas vendas.

Para tratar desse tema, o superintendente regional da Codevasf em Pernambuco, Luiz Manoel de Santana, esteve na última semana no Perímetro de Irrigação Apolônio Sales, em Petrolândia (PE), quando tratou das diversas atividades desenvolvidas nas áreas de ATER e operação e manutenção do perímetro.

Participaram da reunião a equipe técnica da 3ª EJT (Escritório Avançado da Codevasf em Jatobá), a equipe de operação, manutenção e ATER dos perímetros, além de representantes do Distrito de Irrigação Apolônio Sales.

A equipe da empresa contratada pela Codevasf para prestar serviços de ATER na região possui 28 profissionais, entre agrônomos, técnicos agrícolas, assistentes sociais e profissionais voltados para a área de comercialização.

Cerca de mil famílias, reassentadas nos Perímetros Apolônio Sales (Petrolândia), Barreiras bloco I (Petrolândia) e Barreiras bloco II (Tacaratu), Icó Mandantes (Petrolândia e Floresta) e Manga de Baixo (Belém de São Francisco) são assistidas pelo trabalho da Codevasf.

O gestor da ATER na região de Itaparica, Hugo Rocha, informou que o investimento neste ano será de mais de R$ 2,4 milhões. Ainda segundo ele, o valor bruto da produção agrícola desses perímetros (exploração agrícola na área irrigada) no ano de 2011 foi de aproximadamente R$ 14,5 milhões.