Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf realiza peixamento na bacia do rio Piauí em Alagoas
conteúdo

Notícias

Codevasf realiza peixamento na bacia do rio Piauí em Alagoas

Cerca de um milhão de peixes foram inseridos pela Codevasf na bacia do rio Piauí, município de Coruripe (AL), na última sexta-feira (27/05). O peixamento encerrou a Semana de Meio Ambiente da Usina Coruripe e foi realizado em parceria com a agroindústria e com a ONG ambientalista EcoMangue, que atuam na região. Entre as espécies que repovoaram a bacia do rio Piauí estão a xira, o curimatã pacu e o surubim.
publicado: 31/05/2011 10h12, última modificação: 20/06/2018 17h11

Cerca de um milhão de peixes foram inseridos pela Codevasf na bacia do rio Piauí, município de Coruripe (AL), na última sexta-feira (27/05). O peixamento encerrou a Semana de Meio Ambiente da Usina Coruripe e foi realizado em parceria com a agroindústria e com a ONG ambientalista EcoMangue, que atuam na região. Entre as espécies que repovoaram a bacia do rio Piauí estão a xira, o curimatã pacu e o surubim.

Esse foi o sexto peixamento realizado pela Codevasf, em parceria com a Usina Coruripe e a ONG Ecomangue, durante a realização do evento na área ambiental. “Durante esses seis anos, pudemos ver a quantidade de pescado aumentar na região. Muitos pescadores vêm nos procurar para saber a data do peixamento. É uma festa para a população da região de Coruripe e para o meio ambiente que fica cheio de vida e revitalizado”, comemorou José Valdir, diretor da ONG ambientalista.

O superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nélson de Azevedo, também se mostrou bastante satisfeito com a realização de mais um peixamento na bacia. “A revitalização de bacias hidrográficas é uma área importante de atuação da Companhia e engloba aspectos não somente ambientais, mas sociais e econômicos. Quando realizamos ações de peixamento envolvemos todas essas dimensões: a educação ambiental daqueles beneficiários que soltam os peixes no espelho d'água; o estímulo à convivência com a bacia e sua relação de identidade e a geração de trabalho e renda”, explicou.

SEMANA DE MEIO AMBIENTE

Durante toda a Semana do Meio Ambiente da Usina Coruripe, a Codevasf esteve presente com estande, onde destacou as ações do Projeto Amanhã desenvolvido pela Companhia com a qualificação de jovens rurais em sua área de atuação para novas técnicas agrícolas. Esse foi o sexto ano consecutivo que a Codevasf participa do evento.

Na sexta-feira, antes da realização do peixamento, a Codevasf recebeu uma homenagem da ONG Ecomangue pelas ações na área de meio ambiente executadas pela Companhia em Alagoas. Entre elas, José Valdir, diretor da ONG, apontou os repovoamentos de bacias hidrográficas com ações de peixamento e a implantação de esgotamento ambiental no rio São Francisco e em seus afluentes, como exemplos. A homenagem foi recebida pelo superintendente regional Antônio Nélson de Azevedo.

No último dia do evento, foram realizadas ainda duas palestras. Na primeira, o ambientalista e diretor de desenvolvimento e pesquisa do IMA/AL, Fernando Veras, apresentou a formação dos manguezais com o tema “Manguezais: entre a terra e o mar”. A segunda palestra apresentou os resultados do Programa “Alagoas Mais Peixe”, executado pela Secretaria de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Agrário de Alagoas (Seagri), que conta com a Codevasf como um dos parceiros. O programa foi apresentado pelo diretor de política pesqueira da Seagri, Ricardo Gomes de Barros Nonô.