Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf realiza capacitação para pescadores de Petrolina
conteúdo

Notícias

Codevasf realiza capacitação para pescadores de Petrolina

Durante a manhã desta quinta (26) e sexta (27), às margens do Velho Chico, nas Pedrinhas, pescadores de Petrolina puderam aprender um pouco mais sobre piscicultura (arte de criar e multiplicar peixes), por meio da capacitação realizada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf).
publicado: 27/07/2012 15h46, última modificação: 20/06/2018 17h13

Durante a manhã desta quinta (26) e sexta (27), às margens do Velho Chico, nas Pedrinhas, pescadores de Petrolina puderam aprender um pouco mais sobre piscicultura (arte de criar e multiplicar peixes), por meio da capacitação realizada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf).

A capacitação foi ministrada pelo engenheiro da Companhia, Francisco Reis, que durante os dois dias, explanou a respeito dos fundamentos da piscicultura, das principais espécies cultivadas no país e suas características, a exemplo da carpa e da tilápia. Além disso, foram dadas explicações técnicas sobre a melhor maneira de criar peixes em cativeiro. Nessa prática, o controle da temperatura da água e a quantidade de oxigênio são itens dos mais importantes.

Segundo Francisco Reis, a capacitação também tem o objetivo de ser uma troca de experiências.  “A gente tentou fazer um apanhado geral e ainda manter um diálogo, respondendo às principais dúvidas dos pescadores, já que isso aqui é pra ajudá-los a fazer o trabalho deles com maior qualidade técnica”, informou.

Os pescadores, devido à experiência diária no trabalho, conhecem bastante da prática, mas acreditam que cursos como esse ajudam a aprimorar a parte técnica.  “Sou pescador e posso dizer que conheço tudo que é peixe, mas estou aqui pra aprender a parte técnica e começar a trabalhar com criação. Aproveitar que temos orientação técnica da Codevasf e, além disso, através dela podemos conseguir alevinos”, disse João Evangelista.