Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf promove 12º Feirão de Artesanato em Aracaju (SE)
conteúdo

Notícias

Codevasf promove 12º Feirão de Artesanato em Aracaju (SE)

Começa no dia 30 de novembro o 12º Feirão de Artesanato e Produtos Regionais do Baixo São Francisco. O evento, que é promovido anualmente pela 4ª Superintendência da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), prossegue até o dia 2 de dezembro, na sede da Codevasf em Aracaju. A feira irá expor artigos produzidos por artesãos e produtores dos 28 municípios atendidos pela Codevasf.
publicado: 21/11/2012 15h01, última modificação: 20/06/2018 17h15

Começa no dia 30 de novembro o 12º Feirão de Artesanato e Produtos Regionais do Baixo São Francisco. O evento, que é promovido anualmente pela 4ª Superintendência da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), prossegue até o dia 2 de dezembro, na sede da Codevasf em Aracaju. A feira irá expor artigos produzidos por artesãos e produtores dos 28 municípios atendidos pela Codevasf.

A feira é aberta ao público em geral e funciona, durante os três dias, das 8h às 19h, com entrada gratuita. Na última edição do Feirão de Artesanato e Produtos Regionais do Baixo São Francisco, cerca de 90 artesãos apresentaram a sua produção. A proposta da Codevasf é oferecer uma fonte de renda alternativa para as comunidades locais, ao mesmo tempo em que ajuda a manter vivas as culturas e tradições locais e fortalece as potencialidades da região.

Além de incentivar o artesanato e a fabricação de produtos regionais no Baixo São Francisco, o feirão representa uma oportunidade privilegiada para que os pequenos artesãos e produtores da região possam exibir seu trabalho e encontrar novos mercados para sua produção. Nos outros meses do ano, a Codevasf mantém o incentivo a esse trabalho, viabilizando a exposição desses artigos em feiras especializadas em todo o país.

A produção artesanal do Baixo São Francisco utiliza materiais como a palha, o coco, o barro, o bordado, a madeira, entre outros. Fabricação de produtos como o mel, biscoitos, bolachas, doces, associados ao ecoturismo, formam alternativas econômicas com grande potencial na região. Além de promover inclusão social em comunidades locais, o trabalho da Codevasf fortalece os arranjos produtivos locais (APL) em funcionamento na região.