Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf participa do 1º Circuito Juazeiro de Canoagem
conteúdo

Notícias

Codevasf participa do 1º Circuito Juazeiro de Canoagem

A Codevasf e a Marinha do Brasil, por meio da Agência Fluvial de Juazeiro (BA) e da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar), com apoio da Colônia de Pescadores Z-60, promoveram o 1º Circuito Juazeiro de Canoagem “Ventos do Angarys” na manhã de sábado (20), na orla fluvial da cidade.
publicado: 23/10/2012 10h38, última modificação: 20/06/2018 17h14

A Codevasf e a Marinha do Brasil, por meio da Agência Fluvial de Juazeiro (BA) e da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar), com apoio da Colônia de Pescadores Z-60, promoveram o 1º Circuito Juazeiro de Canoagem “Ventos do Angarys” na manhã de sábado (20), na orla fluvial da cidade.

A competição, que contou ainda com a colaboração do Departamento de Esportes da Prefeitura, reuniu homens e mulheres de diversas idades nas modalidades Caiaque e Barcos a Vela, conhecidos como Paquetes.

O integrante da Comissão Organizadora, João Santana Tosta, funcionário da Codevasf, lembrou algumas finalidades do evento, como a de resgatar a atividade pesqueira, além de promover a prática de caiaque no Velho Chico. “Esse evento tem o objetivo de mostrar para a sociedade a importância do nosso rio São Francisco. Tivemos uma premiação, mas o que importou foi a participação de todos. O sentido é essa união em torno do rio e os cuidados que temos que ter com ele”, afirmou.

O titular da Agência Fluvial de Juazeiro, capitão Cláudio Luiz, juntamente com a sua equipe, garantiu a segurança do evento e parabenizou a organização pelo cumprimento das normas de segurança da autoridade marítima. “Foi uma correria muito grande nos preparativos para tudo dar certo, mas a Codevasf, a Marinha e a Soamar estão de parabéns pela forma com que o evento foi organizado, e o brilhantismo se deve à união de esforços dessas pessoas. O pessoal está de parabéns”, concluiu o capitão.

O superintendente da Codevasf, em Juazeiro, Emanoel Lima da Silva, ratificou a importância da parceria entre as instituições envolvidas no evento para as ações de preservação do rio. “Uma atividade que envolve o Velho Chico sempre tem um apelo social e emocional. O esporte vem contribuir também para a preservação do rio. Então, vamos trabalhar para que, no ano que vem, essa festa seja maior, com mais premiações, que todos participem e que seja um evento integrado no calendário festivo de Juazeiro”, sugeriu o superintendente.

Na modalidade Caiaque, 25 competidores, entre homens e mulheres, disputaram os primeiros lugares. Já na categoria Vela, seis homens, todos pescadores do Angarys, um dos bairros mais antigos da cidade, participaram da prova que enfeitou ainda mais as águas do rio na manhã de sábado.

Na categoria Vela, o pescador Rivaldo Ferreira da Silva foi o vencedor. Em segundo lugar, chegou José Tiburtino Freire, pescador conhecido como Zé das Piranhas. Em terceiro foi classificado José Domingos de Santana.

Na categoria Caiaque, o estudante José Rômulo de Freitas Junior foi o campeão. O conhecido nadador juazeirense Lourival Quirino chegou em segundo, seguido por Carlos Eduardo da Silva Feitoza, em terceiro lugar.

A primeira mulher a chegar na modalidade Caiaque, a estudante Mariana Freitas, também foi homenageada com um almoço em um restaurante da cidade.