Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf moderniza produção de agricultores familiares do semiárido alagoano
conteúdo

Notícias

Codevasf moderniza produção de agricultores familiares do semiárido alagoano

Tratores agrícolas, centrífuga extratora de tapioca, lavador e descascador de mandioca, máquinas de costura industriais. Esses foram alguns dos equipamentos entregues nesta sexta-feira (21) pela Codevasf a agricultores e artesãos familiares ligados à Cooperativa de Colonização Agropecuária e Piscicultura de Penedo (Coopenedo) e a diversas comunidades rurais do município.
publicado: 21/06/2013 18h04, última modificação: 20/06/2018 17h16

Tratores agrícolas, centrífuga extratora de tapioca, lavador e descascador de mandioca, máquinas de costura industriais. Esses foram alguns dos equipamentos entregues nesta sexta-feira (21) pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) a agricultores e artesãos familiares ligados à Cooperativa de Colonização Agropecuária e Piscicultura de Penedo (Coopenedo) e a diversas comunidades rurais do município.

Os equipamentos foram adquiridos pela Codevasf a partir de emenda parlamentar, e devem impulsionar a produção agrícola e de artesanato dos cooperados da Coopenedo, além de modernizar sua indústria de beneficiamento de mandioca – que passará a poder distribuir a farinha de mandioca já embalada para os pontos de venda.

“A Codevasf sempre esteve ao lado dos agricultores da Coopenedo, seja com apoio à agricultura ou à piscicultura. A doação desses equipamentos é uma benção para quem vive da agricultura”, comemorou o agricultor José Batista Santos, que junto com a família, composta de cinco pessoas, planta milho, feijão, cana e mandioca em seu lote na Coopenedo.

Como produtor de mandioca, Santos aposta na modernização da indústria de beneficiamento de farinha da cooperativa com a entrega dos equipamentos para ampliar a renda da família. “Nós queríamos produzir e não tínhamos as máquinas. Agora a fábrica está bem moderna e devemos ampliar nossa produção para benefício de toda a comunidade que planta mandioca e daqui tira o sustento da família”, afirmou.

Maria Reuza Santos é artesã do povoado Cooperativa 1º Núcleo. Ela produz artesanato com palha de bananeira e não conseguia dar o acabamento que gostaria ao seu trabalho. Reiza é uma das beneficiadas com a entrega dos equipamentos adquiridos pela Codevasf à Coopenedo. “Até agora nós fazíamos nosso trabalho com máquina de costura comum. Com essas máquinas, vamos deixar nosso trabalho com mais qualidade. Vai ficar bem bonito. As artesãs e os artesãos estão ansiosos para pegar na máquina e começar a trabalhar. Se der, hoje mesmo vamos usar essas máquinas”, celebrou.

Para o presidente da Coopenedo, Ronaldo Luiz dos Santos, o apoio da Codevasf e de parlamentares à produção familiar, seja na agricultura ou no artesanato, é fundamental para dar melhores condições de trabalho a essas famílias. “O apoio da Codevasf e de parlamentares aos agricultores e artesãos significa acreditar nessas pessoas, em seu trabalho. Eles poderão produzir mais e melhor. Nossos cooperados são pessoas de baixa renda e usarão esses equipamentos tanto para produzir alimentos para consumo da família quanto para comercialização que possa garantir sua renda”, destacou. A Coopenedo, aponta seu presidente, já garantiu junto à Codevasf recursos para aquisição de ração e de tanques-rede a partir de outra emenda parlamentar.
   
A força do associativismo

O superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Luiz Alberto Moreira, foi representado na solenidade de entrega dos equipamentos pelo engenheiro agrônomo Aníbal Lobo, que destacou o associativismo como ferramenta para fortalecer a agricultura familiar. “Foi a partir do trabalho de agricultores cooperados que a Coopenedo colheu esses frutos. Não tenho dúvida de que o associativismo é ferramenta fundamental para o sucesso de projetos de agricultura familiar”, observou.

Também estiveram presentes diversas autoridades como prefeitos, vice-prefeitos, parlamentares federais, vereadores da região do Baixo São Francisco, secretários municipais, agricultores familiares e artesãos da Coopenedo, técnicos da Codevasf e o autor da emenda, o ex-deputado federal Joaquim Beltrão, atualmente prefeito de Coruripe.

Durante a solenidade, a diretoria da Coopenedo homenageou  personalidades e entidades que contribuem para o desenvolvimento da cooperativa – entre elas a Codevasf em Alagoas, por meio do engenheiro agrônomo Aníbal Lobo e do engenheiro de pesca Alexandre Delgado.
 
Fórum da mandioca

Durante a solenidade de entrega dos equipamentos que irão fortalecer a Casa de Farinha da Coopenedo, a chefe da Unidade Regional de Desenvolvimento Territorial da Codevasf em Alagoas, Solange Marcelino, anunciou que a cooperativa foi convidada pela Codevasf para participar das reuniões do Fórum da Mandioca no Agreste Alagoano, espaço que contribui para a discussão de políticas públicas para o setor.

“O objetivo do convite foi incluir os cooperados que atuam na atividade de mandiocultura nas discussões que envolvem a cadeia produtiva da mandioca, e também nas ações de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria”, informou.

Os equipamentos entregues pela Codevasf beneficiarão, além dos cooperados da Coopenedo, outras comunidades e associações que firmaram parceria com a cooperativa, a exemplo da Associação dos Agricultores Familiares do Murici, Marcação e Ponto da Várzea, da Associação dos Agricultores Familiares do Assentamento São José, da  Associação dos Agricultores Familiares Remanescentes Quilombolas do Tabuleiro dos Negros e do Projeto Renascer em Penedo.