Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf entrega equipamentos para melhoria do Perímetro de Irrigação Gorutuba (MG)
conteúdo

Notícias

Codevasf entrega equipamentos para melhoria do Perímetro de Irrigação Gorutuba (MG)

A Codevasf entregou, no início desta semana, aos produtores do Perímetro de Irrigação Gorutuba, em Minas Gerais, uma escavadeira hidráulica de esteiras e uma retroescavadeira de pneus, com todos os equipamentos necessários para recuperação e execução de obras naquele perímetro. Essa ação, com recursos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), faz parte do programa de transferência de gestão dos perímetros públicos irrigados implantados pela Companhia no vale do São Francisco.
publicado: 24/05/2012 16h33, última modificação: 20/06/2018 17h13

A Codevasf entregou, no início desta semana, aos produtores do Perímetro de Irrigação Gorutuba, em Minas Gerais, uma escavadeira hidráulica de esteiras e uma retroescavadeira de pneus, com todos os equipamentos necessários para recuperação e execução de obras naquele perímetro. Essa ação, com recursos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), faz parte do programa de transferência de gestão dos perímetros públicos irrigados implantados pela Companhia no vale do São Francisco.

A entrega dos equipamentos aconteceu durante reunião do superintendente da Codevasf em Minas Gerais, Dimas Rodrigues, com a presidenta do Conselho de Administração do Distrito de Irrigação do Perímetro Gorutuba (DIG), Marlene Barbosa Ribeiro de Menezes, na sede do DIG, em Nova Porteirinha (MG). Participaram desse encontro, além de vários irritantes, o gerente executivo do perímetro, Ricardo Carreiro Neto.

Com o início de operação desse maquinário, os dirigentes da Codevasf garantem que ocorrerá uma significativa melhoria e eficiência nos serviços de escavação e limpeza dos mais de 137 quilômetros da rede de drenagem daquela área irrigada. De acordo com técnicos da Companhia, com esses equipamentos, será possível resolver os problemas dos drenos do Perímetro Gorutuba, que, além de receber toda a água dos lotes agrícolas e dos finais de canais, acumulam todo o material sólido carreado pelas chuvas, ventos e jogado pela própria população que vive nas proximidades dessas áreas.

Esse assoreamento, aliado ao pequeno desnível no terreno, facilita o desenvolvimento de vegetação aquática, da espécie tabua, que reduz ainda mais o escoamento da água e causa a elevação do lençol freático, encharcamento e redução da área agricultável, principalmente nos lotes próximos da rede de drenagem.

O engenheiro agrônomo Paulo Roberto Carvalho, responsável pela área de produção agrícola da Codevasf em Minas Gerais, que também presente a essa reunião em Nova Porterinha, explicou que a aquisição dessas máquinas vai gerar grande economia e eficiência nos serviços de escavação e limpeza da rede de drenagem daquele perímetro de produção agrícola. Além disso, garantirá melhores condições de uso do solo e no trânsito local, com a prevenção de inundações de lotes agrícolas e estradas internas do perímetro e demais obras de infraestrutura de uso comum dessas áreas.

Para a presidenta Marlene Menezes, esse maquinário vem resolver um dos problemas mais preocupantes daquele perímetro, que é a manutenção constante das estradas internas e outras obras de uso comum em perfeitas condições de uso.