Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf debate desenvolvimento do Nordeste em reunião da Sudene
conteúdo

Notícias

Codevasf debate desenvolvimento do Nordeste em reunião da Sudene

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) participa, nesta sexta (09), em Salvador (BA), da 16ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo da Sudene (Condel), que terá a presença da presidenta Dilma Rousseff. O presidente da Codevasf, Elmo Vaz, estará no evento, que acontece às 15h, no Hotel Deville, Itapuã.
publicado: 08/11/2012 16h43, última modificação: 20/06/2018 17h15

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) participa, nesta sexta (09), em Salvador (BA), da 16ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo da Sudene (Condel), que terá a presença da presidenta Dilma Rousseff. O presidente da Codevasf, Elmo Vaz, estará no evento, que acontece às 15h, no Hotel Deville, Itapuã.

Os principais temas da pauta são os Fundos de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) e Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), além das ações de enfrentamento à estiagem. A abertura da reunião contará, ainda, com pronunciamentos do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e do governador da Bahia, Jaques Wagner.

Na ocasião, será discutida proposição que trata de alterações da programação do FNE do exercício de 2012 relativas à exclusão da restrição a projetos de alta relevância e estruturantes; à flexibilização da distribuição do financiamento entre médio e grande porte; e à elevação das disponibilidades do Programa Emergencial para a Seca, em R$ 500 milhões, passando a disponibilidade total a R$ 1,5 bilhão.

Também serão votadas proposições referentes ao Programa de Aplicação dos Recursos do FNE para o exercício de 2013; às prioridades para aplicação dos recursos do FDNE no exercício 2013; à regulamentação dos procedimentos operacionais para a aplicação de 1,5% dos recursos do FDNE para custeio de atividades em pesquisa, desenvolvimento e tecnologia de interesse do desenvolvimento; e aos novos ajustes na programação de 2012 do FNE, relativos à alocação adicional de recursos para os segmentos de agricultura e pecuária (FNE Rural) e ao FNE Comércio e Serviços.

Ainda como parte da pauta, será realizado um balanço das ações de enfrentamento à estiagem e a assinatura de termos de compromissos com os estados do semiárido no âmbito do PAC-SECA.


Desenvolvimento do Nordeste

A Codevasf tem realizado uma série de ações para promover o desenvolvimento dos estados onde atua. Exemplo disso é o projeto de irrigação Baixio de Irecê. Em fase de implantação, ele fica localizado a cerca de 500 km de Salvador (BA), ao norte da Região do Médio São Francisco. A área total do projeto compreende 98.940 hectares, e a área prevista para irrigação é de 47.028 hectares, podendo chegar a 60 mil.

Dentre as culturas a serem exploradas no projeto, destacam-se abacaxi, abóbora, algodão, banana, cebola, coco, feijão, goiaba, limão, mamão, maracujá, milho, melancia, melão, pimentão, tangerina, tomate e uva. Também será montado um polo energético para a produção de oleaginosas como pinhão manso, dendê, soja e mamona, entre outras. Com a conclusão do projeto, a expectativa é de que sejam gerados cerca de 85 mil empregos diretos e indiretos, beneficiando 180 mil pessoas, totalizando mais de 34 mil famílias.

Outro importante projeto de irrigação em andamento é o Salitre. Localizado no Submédio São Francisco, a 20 km do município de Juazeiro (BA), possui uma área bruta de 67,1 mil hectares, sendo 31,3 mil para agricultura irrigada. Sua implantação está dividida em cinco etapas, sendo que a primeira, com área irrigável de 5 mil hectares e área ocupada de 1,6 mil hectares, foi inaugurada em março de 2010 e já está em fase de produção. Segundo levantamento da Codevasf, o Valor Bruto da Produção (VBP) nessa etapa do projeto, em 2011, totalizou cerca de R$ 6 milhões na área familiar, com destaque para as culturas temporárias, entre elas o melão e a melancia, que atingiram R$ 5,9 milhões.

A Codevasf também tem atuado no enfrentamento à seca no semiárido. Por meio do Água para Todos, por exemplo, a Companhia já instalou 28.953 cisternas de consumo em 45 municípios em sua área de atuação. O programa é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional e integra o Plano Brasil Sem Miséria.


Com informações da Sudene


Crédito da Imagem: Divulgação/MI