Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf contrata projeto executivo de dois perímetros irrigados em Alagoas
conteúdo

Notícias

Codevasf contrata projeto executivo de dois perímetros irrigados em Alagoas

A implantação de dois novos perímetros irrigados no semiárido alagoano terá um passo importante nesta terça (12). Durante a solenidade de inauguração dos primeiros 65 km do Canal do Sertão Alagoano, no município de Água Branca (AL) – evento que terá a presença da presidenta Dilma Rousseff, do governador Teotônio Vilela e do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra –, o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz, assinará autorizações para a elaboração dos projetos executivos dos futuros perímetros irrigados de Delmiro Gouveia e Pariconha.
publicado: 11/03/2013 16h46, última modificação: 20/06/2018 17h16

A implantação de dois novos perímetros irrigados no semiárido alagoano terá um passo importante nesta terça (12). Durante a solenidade de inauguração dos primeiros 65 km do Canal do Sertão Alagoano, no município de Água Branca (AL) – evento que terá a presença da presidenta Dilma Rousseff, do governador Teotônio Vilela e do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra –, o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz, assinará autorizações para a elaboração dos projetos executivos dos futuros perímetros irrigados de Delmiro Gouveia e Pariconha.

Os perímetros serão abastecidos com água do canal, originária do rio São Francisco, e viabilizarão a agricultura e a pecuária nas localidades. O perímetro de Delmiro Gouveia abrangerá uma área de 6,2 mil hectares no município de mesmo nome. O de Pariconha, por sua vez, alcançará outros 6,5 mil hectares nos municípios de Pariconha, Água Branca e Delmiro Gouveia.

“Há um histórico de estudos para a implantação destes perímetros, realizados pelo Governo de Alagoas e por outras instituições. A Codevasf realizou o estudo de viabilidade do aproveitamento dos recursos hídricos do canal e agora contrata os projetos executivos dos perímetros. Com os projetos em mãos, licitaremos as obras”, explica Elmo Vaz. Serão investidos R$ 5,1 milhões na elaboração dos projetos executivos, assegurados pelo programa Mais Irrigação, cujos recursos estão inseridos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

Atualmente a Companhia opera 36 perímetros irrigados nos estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe, Alagoas e Piauí, dez dos quais mantidos em convênio com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf). Em 2011, 25 perímetros implantados e geridos pela Codevasf produziram juntos 2,3 milhões de toneladas de alimentos e empregam diretamente 88 mil pessoas.

Canal

O Canal do Sertão Alagoano é uma obra planejada e executada pelo governo de Alagoas há aproximadamente 20 anos, com recursos do próprio estado e do Ministério da Integração Nacional – posteriormente, a obra foi incluída no PAC. Os primeiros 65 km do canal estão em operação desde 28 de janeiro e sua água tem sido usada para mitigar os efeitos da estiagem por que passa o estado. Pontos de abastecimento localizados em Delmiro Gouveia e Água Branca encurtaram a distância para abastecimento de caminhões-pipa que distribuem água para famílias de Inhapi, Canapi, Pariconha, Mata Grande, Olho d'Água do Casado, Delmiro Gouveia e Água Branca. Quando concluído, o canal terá 250 km de extensão e abastecerá 42 municípios. A cerimônia de inauguração dos 65 km iniciais do canal ocorre nesta terça-feira (22), às 10h, no município de Água Branca, localizado a 300 km de Maceió.

Codevasf em Alagoas

A Codevasf atua em Alagoas em diversas áreas, entre as quais estão esgotamento e aterro sanitários, segurança hídrica, desenvolvimento regional, inclusão produtiva e recuperação ambiental e de barragens. Obras de esgotamento sanitário foram concluídas recentemente em três municípios – Santana do Ipanema, Batalha e Igreja Nova –, beneficiando 44 mil pessoas, e estão em andamento, com elaboração de projetos, licenciamento ambiental e implantação de obras, em outros 12: Belo Monte, Cacimbinhas, Canapi, Carneiros, Delmiro Gouveia, Jaramataia, Olho D'Água do Casado, Piaçabuçu, Piranhas, Porto Real do Colégio, São Brás e Traipu.

Na área de segurança hídrica foi realizada, por exemplo, a instalação de mais de 7.900 cisternas com capacidade de armazenamento de 16 mil litros de água no âmbito do programa Água para Todos. Cada reservatório pode prover água para famílias de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses. Novas instalações ocorrerão no decorrer de 2013. Entre as ações de recuperação ambiental da Companhia estão os trabalhos de monitoramento da qualidade da água, de proteção e preservação da Área de Proteção Ambiental (APA) da Marituba do Peixe e de recomposição da ictiofauna da bacia hidrográfica do rio São Francisco, realizados por meio de Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura localizado no Perímetro Irrigado do Itiúba, no município de Porto Real do Colégio.

Crédito da foto: Matheus Sandes / Seinfra - AL

Ouça a notícia da Rádio Codevasf: http://www.codevasf.gov.br/principal/promocao-e-divulgacao/central-de-radio/materias-e-entrevistas-2013/11.mp3