Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf apresenta suas principais ações a delegação moçambicana
conteúdo

Notícias

Codevasf apresenta suas principais ações a delegação moçambicana

Como parte da programação da visita da comitiva de Moçambique ao Brasil, a Codevasf apresentou nesta sexta-feira (29), na sede em Brasília, suas principais ações nas áreas de revitalização, infraestrutura e irrigação. O objetivo da delegação moçambicana, representada pelos técnicos Aurélio Nhabetse e Almeida José Almeida, é obter informações e trocar experiências para auxiliar na estruturação do Instituto Nacional de Irrigação (INIR) de seu país.
publicado: 29/06/2012 17h33, última modificação: 20/06/2018 17h13

Como parte da programação da visita da comitiva de Moçambique ao Brasil, a Codevasf apresentou nesta sexta-feira (29), na sede em Brasília, suas principais ações nas áreas de revitalização, infraestrutura e irrigação. O objetivo da delegação moçambicana, representada pelos técnicos Aurélio Nhabetse e Almeida José Almeida, é obter informações e trocar experiências para auxiliar na estruturação do Instituto Nacional de Irrigação (INIR) de seu país.

No período da manhã, a área de Revitalização de Bacias Hidrográficas mostrou, entre outras, as atividades da Codevasf de apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs); coleta e tratamento de resíduos sólidos; recuperação e controle de processos erosivos; programa Água para Todos e projeto Amanhã. Além disso, apresentou uma síntese da política ambiental da empresa.

Na sequência, os moçambicanos conheceram algumas ações desenvolvidas no âmbito da área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura. Os técnicos da Codevasf fizeram uma explanação acerca das etapas de alguns projetos de irrigação em andamento, tais como Baixio de Irecê e Salitre, na Bahia; Pontal Sul, em Pernambuco, e Jaíba, em Minas Gerais.

Já a área de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação apresentou à delegação de Moçambique as principais atividades no segmento de agricultura irrigada. A Codevasf possui ao todo 35 perímetros públicos em operação, sendo dez deles da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) que, por força de convênio, são administrados pela empresa vinculada ao Ministério da Integração Nacional. A área total dotada com infraestrutura de irrigação em produção é de 139 mil hectares.

Visita a perímetros da Codevasf

Na próxima segunda-feira (02), a delegação de Moçambique irá conhecer o Perímetro de Irrigação de Itiúba, localizado em Porto Real do Colégio (AL), no Baixo São Francisco. Com 227 lotes familiares distribuídos em 894 hectares de área irrigável, o perímetro alagoano tem como principais culturas o arroz e a cana-de-açúcar.

O perímetro de irrigação Senador Nilo Coelho, situado entre os municípios de Casa Nova (BA) e Petrolina (PE), será outro ponto visitado pelo grupo, na próxima quarta-feira (04). Com quase 19 mil hectares de área irrigável, o perímetro é conhecido, no cenário internacional, pelo cultivo de uvas. A região também produz manga, banana, goiaba, coco e acerola.

A passagem dos moçambicanos pelo Brasil será finalizada com uma visita à Embrapa Semiárido, também em Petrolina. A unidade tem o objetivo de conferir eficiência produtiva ao setor agropecuário, reduzindo custos de produção e aumentando a oferta de alimentos pelo uso de tecnologias que apresentem viabilidade econômica, impactos sociais positivos e conservação ambiental. A finalidade da delegação estrangeira é, portanto, conhecer os diversos processos de transferência de tecnologia adotados pela empresa.