Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Codevasf apoia implantação de curso de Engenharia de Pesca em Xique-Xique
conteúdo

Notícias

Codevasf apoia implantação de curso de Engenharia de Pesca em Xique-Xique

O município de Xique-Xique (BA), reconhecido pela vocação para a atividade pesqueira, terá um curso de Engenharia de Pesca implantado pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb). A assinatura do convênio entre a Prefeitura Municipal e a instituição de ensino baiana ocorreu ontem (17), em Salvador. A Codevasf, parceira dessa iniciativa, irá colaborar com a formação dos novos engenheiros disponibilizando a estrutura do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique (2º CIX) para aulas práticas e pesquisas.
publicado: 18/03/2011 09h43, última modificação: 20/06/2018 17h10

O município de Xique-Xique (BA), reconhecido pela vocação para a atividade pesqueira, terá um curso de Engenharia de Pesca implantado pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb). A assinatura do convênio entre a Prefeitura Municipal e a instituição de ensino baiana ocorreu ontem (17), em Salvador. A Codevasf, parceira dessa iniciativa, irá colaborar com a formação dos novos engenheiros disponibilizando a estrutura do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique (2º CIX) para aulas práticas e pesquisas.

Segundo o chefe do 2º CIX, o engenheiro de pesca Charles Fabian, a Codevasf já vinha investindo na reforma e ampliação do centro e na aquisição de equipamentos e veículos. "A implantação do curso de Engenharia de Pesca em Xique-Xique irá transformar a região em um dos maiores polos de aquicultura do estado", afirma o engenheiro da Codevasf.

O 2º CIX

O Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique (2º CIX), localizado no povoado de Nova Iguira, município de Xique-Xique (BA), teve o início de sua operacionalização marcado pela primeira desova de peixes, em abril de 2009. Essa unidade da Codevasf passou a ser mais uma base para o desenvolvimento das ações relacionadas à revitalização, pesca e aquicultura no Médio São Francisco.

O centro possui atividades relativas ao aproveitamento de canais para piscicultura no perímetro de irrigação de Mirorós, em Ibipeba, e Baixio da Boa Vista, em Xique-Xique, e ainda à estruturação e implementação da criação de peixes em tanques-rede em rios e grandes reservatórios.

Também está envolvido com a dinamização de Arranjos Produtivos Locais em espaços sub-regionais, em parceria com o governo do estado da Bahia, prefeituras da região, Sebrae, colônias de pescadores, cooperativas de piscicultores e entidades da sociedade civil, visando ao desenvolvimento de atividades ambientais e de estruturação de projetos com foco na sustentabilidade da pesca e da aquicultura.