Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Avicultura beneficia pequenos produtores no Norte de Minas
conteúdo

Notícias

Avicultura beneficia pequenos produtores no Norte de Minas

Mais de 280 famílias de pequenos produtores rurais dos municípios de Janaúba, Porteirinha e Jaíba, no Norte de Minas Gerais, estão sendo beneficiadas pela Codevasf com a implantação de pequenos projetos comunitários de avicultura.
publicado: 26/08/2011 17h36, última modificação: 20/06/2018 17h11

Mais de 280 famílias de pequenos produtores rurais dos municípios de Janaúba, Porteirinha e Jaíba, no Norte de Minas Gerais, estão sendo beneficiadas pela Codevasf com a implantação de pequenos projetos comunitários de avicultura. Essa ação, segundo o superintendente da Companhia no estado, Dimas Rodrigues, objetiva não somente criar mais uma fonte de renda, mas também diversificar a produção rural com a criação de mais empregos. De acordo com estudos técnicos realizados pela empresa, existe uma grande demanda pela avicultura nessas comunidades, bem como mercado consumidor garantido, tanto em feiras livres como para complementação da merenda escolar.

Após capacitar os pequenos produtores rurais que irão atuar diretamente na criação das aves em 37 unidades produtoras, a Codevasf entregou e montou em todas elas, os equipamentos e insumos necessários para início da criação dos mais de 11 mil pintos. Dimas Rodrigues informou que nessas ações estão sendo investidos mais de R$ 110 mil, oriundos dos programas sociais da Codevasf Arranjo Produtivo Local e Projeto Amanhã.

Em Janaúba, foram implantados 10 aviários em comunidades diferentes, beneficiando 131 famílias de pequenos produtores rurais. No município de Porteirinha, foram contempladas 75 famílias, também em 10 pequenas comunidades. O maior número de comunidades beneficiadas foi em Jaíba, mais precisamente no perímetro de irrigação implantado pela Companhia. Ali foram construídos 17 aviários que já estão beneficiando 75 famílias de pequenos irrigantes.

Segundo o técnico da Codevasf, Paulo Roberto Correia Lima, coordenador do Projeto Amanhã em Minas Gerais, ainda neste ano, todas essas unidades de avicultura receberão uma incubadora para produzirem suas próprias matrizes, diminuindo, assim, o custo do produto final. Ele afirmou, ainda, que já no primeiro trimestre de 2012, os resultados dessa ação produtiva já poderão estar disponíveis para o mercado consumidor.