Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Associações apoiadas pela Codevasf expõem produtos durante conferência nacional, em Brasília
conteúdo

Notícias

Associações apoiadas pela Codevasf expõem produtos durante conferência nacional, em Brasília

Vinhos, peixes, mel, farinha, doces e peças de artesanato são alguns dos itens expostos no espaço Vila produtiva, no Centro de Convenções e Eventos Brasil 21, em Brasília, onde ocorre até a próxima sexta-feira (22) a I Conferência Nacional de Desenvolvimento Regional (CNDR), promovida pelo Ministério da Integração Nacional (MI). Os produtos foram trazidos ao evento por quatorze membros de associações e cooperativas que recebem o apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).
publicado: 21/03/2013 15h11, última modificação: 20/06/2018 17h16

Vinhos, peixes, mel, farinha, doces e peças de artesanato são alguns dos itens expostos no espaço Vila produtiva, no Centro de Convenções e Eventos Brasil 21, em Brasília, onde ocorre até a próxima sexta-feira (22) a I Conferência Nacional de Desenvolvimento Regional (CNDR), promovida pelo Ministério da Integração Nacional (MI). Os produtos foram trazidos ao evento por quatorze membros de associações e cooperativas que recebem o apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Representante da Associação Intermunicipal de Garimpeiros do Médio São Francisco (Agamesf), sediada em Juazeiro (BA), o produtor Antônio Cursino trouxe adornos e pequenos objetos decorativos para a Conferência. “A Codevasf nos apoia a participar de feiras e eventos como este para divulgar nosso trabalho. Além disso estamos adquirindo por meio da Companhia equipamentos como bancadas, furadeiras e batedeiras, todos instrumentos importantes para o trabalho com pedras”, afirma.

Vindo de Campo Grande (AL), o presidente da Cooperativa Agroindustrial de Campo Verde (Cooperagro), Evaldo Pereira dos Santos, trouxe para Brasília a farinha de mandioca e os biscoitos que levam o nome da instituição. “Trabalhamos com farinha e com derivados de leite. Produtores do agreste alagoano levam a matéria-prima à cooperativa e nós a beneficiamos e comercializamos. A Codevasf nos forneceu há pouco tempo tanques de resfriamento de leite”, diz Santos.

A Cooperagro tem cerca de 220 associados e trabalha com 300 produtores do interior de Alagoas. Em 2013 o incentivo à cultura da mandioca por parte da Codevasf se dará pelo fornecimento de materiais e equipamentos como rastelos e enxadas e, em parceria com a Embrapa, pela oferta de mudas selecionadas.

O presidente da Codevasf, Elmo Vaz, ressalta que a empresa oferece suporte a diversas associações e cooperativas além das que estão representadas no evento em Brasília. “Os produtos que vemos aqui são uma pequena amostra do que tem sido feito nas áreas em que Codevasf atua. Apoiamos apicultura, caprinocultura, ovinocultura, piscicultura e muitas outras atividades produtivas”, diz.

José Augusto Nunes, diretor de Revitalização de Bacias Hidrográficas da Companhia, explica que o trabalho da empresa consiste em fortalecer cadeias produtivas, e não apenas pequenas culturas isoladas. “Atuamos aperfeiçoando os arranjos produtivos, agregando conhecimento ao trabalho de quem vive na zona rural. Isso gera empregos e renda”, afirma. A Codevasf, juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional, deverá investir aproximadamente R$ 60 milhões em 2013 no apoio a atividades produtivas do semiárido brasileiro.

Além de fomentar a produção e o beneficiamento de mercadorias em sua área de abrangência, a Codevasf também investe na promoção e comercialização dos produtos. “Estas associações e cooperativas vieram a Brasília com o apoio da Codevasf e da Secretaria de Desenvolvimento Regional do MI. Nossa intenção é auxiliá-los a divulgar os produtos, trocar experiências e viabilizar a inserção destes itens em novos mercados consumidores. Nesta conferência há representantes de todos os estados brasileiros, então há aqui uma oportunidade ímpar de divulgação das ações e dos produtos”, explica a gerente de Desenvolvimento Regional da Codevasf, Kênia Marcelino.

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Integração Nacional. Ela promove o desenvolvimento e a revitalização das bacias dos rios São Francisco, Parnaíba, Itapecuru e Mearim. Entre suas principais ações estão o investimento em infraestrutura hídrica, irrigação, aplicação de novas tecnologias em agricultura e pecuária, apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs), recuperação de áreas degradadas, recomposição de ictiofauna, capacitação de jovens e produtores rurais e realização de pesquisas e estudos socioeconômicos e ambientais.

Ouça a notícia da Rádio Codevasf:

http://www.codevasf.gov.br/principal/promocao-e-divulgacao/central-de-radio/materias-e-entrevistas-2013/23-produtores-apoiados-pela-codevasf-expoem-seus-produtos-na-cndr.mp3