Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Empresários catarinenses visitam Baixo São Francisco
conteúdo

Notícias

Empresários catarinenses visitam Baixo São Francisco

Empresários cooperados de Itajaí (SC) estão percorrendo Alagoas e Sergipe para conhecer o processo de produção e comercialização do arroz produzido no Baixo São Francisco.
publicado: 11/02/2011 10h22, última modificação: 20/06/2018 17h10

Empresários cooperados de Itajaí (SC) estão percorrendo Alagoas e Sergipe para conhecer o processo de produção e comercialização do arroz produzido no Baixo São Francisco. A proposta é atuar em conjunto com a fábrica de beneficiamento de arroz de Igreja Nova (AL) e com os agricultores dos perímetro públicos de irrigação da Codevasf em Boacica e Itiúba, em Alagoas, e Betume, Cotinguiba/Pindoba e Propriá em Sergipe.

Somente os dois perímetros públicos da Codevasf em Alagoas produzem anualmente cerca de 20 mil toneladas de arroz, o que movimenta aproximadamente R$ 10 milhões na região do Baixo São Francisco alagoano. De acordo com Harry Dorow, presidente da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), a visita aos municípios alagoanos e sergipanos do Baixo São Francisco produtores de arroz pretende identificar como está estruturada a cadeia produtiva do arroz em Alagoas, especialmente o processo de produção e comercialização do produto. “Já podemos identificar que há uma grande integração entre diversos órgãos públicos como Codevasf, Embrapa, Governo do Estado e prefeituras. Isso é extremamente positivo. Ainda estamos percorrendo as cidades produtoras de arroz, mas já vimos que temos muita experiência para trocar para que possamos contribuir com o desenvolvimento da região”, explicou o empresário.

Para o superintendente regional da Codevasf, Antônio Nélson de Azevedo, a visita representa o reconhecimento do potencial de desenvolvimento da região. “A Codevasf acredita no Baixo São Francisco e quer levar essa ideia para todo o Brasil. Aqueles que pretendem compartilhar de iniciativas de desenvolvimento serão sempre bem vindos e terão o apoio da Companhia”, declarou.