Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Agroindústrias impulsionam beneficiamento de frutas em Pernambuco
conteúdo

Notícias

Agroindústrias impulsionam beneficiamento de frutas em Pernambuco

A construção de duas agroindústrias nos Perímetros Irrigados Fulgêncio e Brígida, localizados nos municípios de Santa Maria da Boa Vista e Orocó, Sertão de Pernambuco, respectivamente, vão incrementar a cadeia produtiva da fruticultura na região. A implantação dos empreendimentos custou aos cofres do governo de Pernambuco investimentos da ordem de R$ 650 mil.
publicado: 05/09/2011 16h24, última modificação: 20/06/2018 17h11

A construção de duas agroindústrias nos Perímetros Irrigados Fulgêncio e Brígida, localizados nos municípios de Santa Maria da Boa Vista e Orocó, Sertão de Pernambuco, respectivamente, vão incrementar a cadeia produtiva da fruticultura na região. A implantação dos empreendimentos custou aos cofres do governo de Pernambuco investimentos da ordem de R$ 650 mil.

A construção dos empreendimentos agroindustriais dentro dos Perímetros Irrigados contou com a articulação da Superintendência Regional da Codevasf, em Petrolina (PE), para minimizar, a médio e longo prazos, os danos causados às plantações de banana pelas chuvas e fortes ventos que ocorreram no início de 2010, além de ampliar as alternativas de comercialização da produção.

De acordo com o gerente geral de Arranjos Produtivos Locais, Gabriel Maciel, da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), mais de R$ 300 mil serão aplicados na aquisição dos equipamentos. “O empreendimento é uma alternativa que visa aproveitar o excedente da produção e pretende, também, viabilizar a abertura de novos mercados”, explica Maciel.

As organizações de produtores, com o apoio da Superintendência Regional da Codevasf, em Petrolina; AD Diper; Fundação para o Desenvolvimento do Semiárido Brasileiro (Fundesa), Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) formaram um grupo de trabalho para estudarem o modelo de gestão das agroindústrias que deverão produzir polpas e doces de frutas.

“A agroindústria agrega todas as organizações de agricultores familiares dos Perímetros Irrigados Fulgêncio e Brígida. O objetivo é aproveitar o excedente da produção, diminuindo o desperdício para gerar produtos de alto valor agregado”, reforça o superintendente regional da Codevasf em Petrolina, Luiz Frota.