Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Saneamento básico para Janaúba e Curvelo (MG)
conteúdo

Notícias

Saneamento básico para Janaúba e Curvelo (MG)

O superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Anderson Chaves, anunciou nesta terça-feira (08) a implantação de mais duas grandes obras de saneamento básico em Minas Gerais. Desta vez, segundo o dirigente, os municípios beneficiados serão Janaúba, com a conclusão de um aterro sanitário e um aterro controlado, e Curvelo, com a implantação de um aterro sanitário. Essas obras, com investimentos do Governo Federal de mais de R$ 4,6 milhões, serão executadas com recursos do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.
publicado: 08/12/2009 16h47, última modificação: 20/06/2018 17h06

O superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Anderson Chaves, anunciou nesta terça-feira (08) a implantação de mais duas grandes obras de saneamento básico em Minas Gerais. Desta vez, segundo o dirigente, os municípios beneficiados serão Janaúba, com a conclusão de um aterro sanitário e um aterro controlado, e Curvelo, com a implantação de um aterro sanitário. Essas obras, com investimentos do Governo Federal de mais de R$ 4,6 milhões, serão executadas com recursos do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.

Os primeiros passos para a execução desses trabalhos já foram dados com o processo de licitação já iniciado e com previsão para recebimento das propostas no próximo dia 5 de janeiro. De acordo com programação do setor de Engenharia da Codevasf em Minas Gerais, as obras deverão ser iniciadas ainda no primeiro trimestre de 2010. Hoje a empresa está executando obras de saneamento básico em mais de 60 municípios mineiros, segundo Sidenísio Lopes, responsável pela área de engenharia da Companhia em Minas Gerais.

Em Janaúba, a Codevasf irá investir R$ 1.737.453,18 para a conclusão de um aterro controlado e aterro sanitário e construções de um prédio administrativo, um galpão de reciclagem e uma guarita. Com isso, o superintendente Anderson Chaves acredita estar resolvendo um dos maiores problemas ambientais daquele município, que é a disposição inadequada dos resíduos sólidos a céu aberto. Com a conclusão dessas obras, que já foram objetos de convênio firmado entre a Codevasf e a Prefeitura Municipal de Janaúba, também será possível a coleta do lixo séptico gerado nos estabelecimentos de saúde, não só de Janaúba, mas também dos municípios de Nova Porteirinha e Verdelândia.

No município de Curvelo, o investimento do Governo Federal, por intermédio do Ministério da Integração Nacional e da Codevasf, será de R$2.950.448,60 para execução das obras de conclusão de um aterro controlado, implantação de um aterro sanitário, construções de um prédio administrativo, de um galpão e de uma guarita. Essas obras beneficiarão mais de 63 mil pessoas que moram no perímetro urbano e, a exemplo da população de Janaúba, geram uma grande quantidade de resíduos domiciliares e comerciais por dia.