Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Piscicultura atrai empresários
conteúdo

Notícias

Piscicultura atrai empresários

Quarenta empresários integrantes do Fórum Permanente da Agropecuária Alagoana, liderados pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas (FAEAL), Álvaro Almeida, participaram de uma visita técnica ao baixo São Francisco para conhecer os investimentos da Codevasf no APL da Piscicultura na região.
publicado: 14/08/2006 15h17, última modificação: 20/06/2018 16h58

Quarenta empresários integrantes do Fórum Permanente da Agropecuária Alagoana, liderados pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas (FAEAL), Álvaro Almeida, participaram de uma visita técnica ao baixo São Francisco para conhecer os investimentos da Codevasf no APL da Piscicultura na região.

A visita teve início na Estação de Piscicultura de Itiúba (EPI), situada no município de Porto Real do Colégio/AL. Na oportunidade, os empresários observaram uma desova de peixe feita em laboratório e participaram, no auditório da EPI, de palestras sobre Piscicultura Comercial, APL da Piscicultura Alagoana, Manejo na Criação de Camarão (Carcinicultura) e da implantação do Centro de Referência em Aqüicultura do São Francisco (Ceraqua/SF), proferidas, respectivamente, pelos engenheiros de pesca da Codevasf, Álvaro de Assis Alves de Albuquerque, Alexandre Delgado, Paulo Pantoja e Eduardo Motta. Após os debates sobre o potencial, infra-estrutura e vantagens de realizar investimentos na piscicultura no baixo São Francisco, os empresários conheceram as instalações da Unidade de Beneficiamento de Pescados de Propriá (SE), indústria, recentemente, construída pela Codevasf em parceira com a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República (SEAP/PR). Na ocasião o gestor da indústria de pescados, Luiz Carlos Galindo Barros, pesquisador da Embrapa e diretor presidente da UNIPEIXE Insdutrial Ltda., falou sobre as perspectivas do mercado nacional e internacional para a tilápia produzida na região e dos investimentos que a iniciativa privada estão fazendo no baixo São Francisco com o apoio do governo federal por intermedio, principalmente, da Codevasf.