Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Peixamento em Alagoas
conteúdo

Notícias

Peixamento em Alagoas

Como parte da programação da última reunião do Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental do Marituba do Peixe no ano de 2008, foi realizado pela Codevasf, peixamento na várzea do Marituba (AL).
publicado: 23/12/2008 12h01, última modificação: 20/06/2018 17h03

Como parte da programação da última reunião do Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental do Marituba do Peixe no ano de 2008, foi realizado pela Codevasf, peixamento na várzea do Marituba (AL). Foram soltos 500 mil peixes jovens predominando a espécie curimatã-pacu, nativa da bacia do São Francisco. Essa tradicional atividade da Codevasf visa a revitalização da economia pesqueira e a recuperação da biodiversidade na região.

O evento contou com a participação da comunidade, do superintendente Regional de Alagoas, Antônio Nélson de Azevedo, de vereadores dos municípios de Penedo e Piaçabuçu, além dos integrantes do Conselho Gestor da APA do Marituba.

O presidente do Conselho Gestor e também diretor de Gestão Ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMARH, Ricardo Freitas, fez uma exposição à comunidade e aos conselheiros sobre os projetos de recuperação e educação ambiental que deverão integrar o convênio a ser firmado entre a SEMARH e a Codevasf. Os projetos serão executados a partir de 2009.

As metas apresentadas fazem parte das reivindicações do Conselho Gestor da APA e dos projetos da Codevasf a serem realizados na região no âmbito do Programa de Revitalização da Bacia do São Francisco.

O Conselho Gestor da APA é composto por integrantes do Governo Federal (Codevasf/Ibama/UFAL), Governo do Estado de Alagoas (SEMARH/IMA), prefeituras municipais de Penedo, Feliz Deserto e Piaçabuçu, usinas Coruripe e Paisa, ONG ambiental, colônia de pescadores, segmento de turismo, setor de artesanato e associações comunitárias.