Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Escavadeira otimiza operações no Nilo Coelho
conteúdo

Notícias

Escavadeira otimiza operações no Nilo Coelho

Para facilitar as operações de infraestrutura decorrentes do sistema de irrigação no Perímetro Senador Nilo Coelho, a Superintendência Regional da Codevasf em Petrolina adquiriu uma escavadeira hidráulica de esteira para o Distrito. A máquina, acompanhada de peças acopláveis (duas conchas mecânicas), custou R$ 850 mil para a Companhia. O equipamento foi entregue oficialmente aos produtores na manhã do último sábado (25) pelo superintendente Luís Frota e, no mesmo dia, entrou em atividade fazendo a limpeza do canal principal da Estação de Bombeamento Principal (EPB) da área Maria Teresa.
publicado: 27/04/2009 15h18, última modificação: 20/06/2018 17h04

Para facilitar as operações de infraestrutura decorrentes do sistema de irrigação no Perímetro Senador Nilo Coelho, a Superintendência Regional da Codevasf em Petrolina adquiriu uma escavadeira hidráulica de esteira para o Distrito. A máquina, acompanhada de peças acopláveis (duas conchas mecânicas), custou R$ 850 mil para a Companhia e foi entregue oficialmente aos produtores na manhã do último sábado (25) pelo superintendente Luís Frota. No mesmo dia, o equipamento entrou em atividade fazendo a limpeza do canal principal da Estação de Bombeamento Principal (EPB) da área Maria Teresa.


Segundo o chefe da Unidade de Apoio Hidroagrícola da Codevasf em Petrolina, Paulo Liberato, a escavadeira vai realizar serviços estratégicos no Perímetro Nilo Coelho. “Essa máquina foi adquirida em função da necessidade de manutenções do canal principal e também da rede de drenagem”, disse Paulo ao lembrar que o trabalho no Nilo Coelho vai abranger a limpeza de 92 km de canais e 550 km de drenos.


O gerente regional de Empreendimentos de Irrigação da 3ª SR, Luiz Manoel de Santana, lembra que há 20 anos esses serviços eram realizados de forma improvisada, o que consumia tempo e dinheiro. “O trabalho de manutenção dos drenos e de limpeza de canais era feito de forma bastante precária. A máquina de que dispúnhamos era inadequada, tinha um braço mecânico pequeno para as dimensões dos canais”, explica.


Além dos serviços no Perímetro, o equipamento estará disponível para trabalhar em obras realizadas pela Codevasf. “Apesar de sabermos que no Perímetro teremos demanda o ano inteiro para a escavadeira, a Codevasf poderá utilizá-la sempre que preciso”, ressaltou Paulo Liberato.


A escavadeira hidráulica cedida ao Distrito de Irrigação Perímetro Senador Nilo Coelho pela Codevasf possui, entre outras especialidades tecnológicas, computador de bordo e cabine com ar condicionado “que vai permitir melhores condições de trabalho para os operadores, além de maior rendimento na realização dos serviços”, destaca Luiz Manoel.