Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Encontro científico no ceraqua
conteúdo

Notícias

Encontro científico no ceraqua

Dirigentes, técnicos e funcionários da Codevasf de Alagoas e Sergipe, professores e pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), técnicos do Instituto do Meio Ambiente (IMA), representantes da Comissão Nacional de Piscicultura da CNA – Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária e da FAEAL – Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas participaram de um encontro técnico-científico no Centro de Referência em Aqüicultura e Recursos Pesqueiros do São Francisco – Ceraqua.
publicado: 30/12/2008 09h41, última modificação: 20/06/2018 17h03

Dirigentes, técnicos e funcionários da Codevasf de Alagoas e Sergipe, professores e pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), técnicos do Instituto do Meio Ambiente (IMA), representantes da Comissão Nacional de Piscicultura da CNA – Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária e da FAEAL – Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas participaram de um encontro técnico-científico no Centro de Referência em Aqüicultura e Recursos Pesqueiros do São Francisco – Ceraqua. Na ocasião, foi feito um balanço das atividades desenvolvidas no Centro em 2008, fruto do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre a Codevasf e a UFAL.

O engenheiro de pesca Eduardo Motta deu as boas vindas aos participantes em nome do superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nélson de Azevedo, e abriu a reunião falando sobre as conquistas na aqüicultura conseguidas através do Centro. Na oportunidade, ressaltou as atividades de produção, de pesquisa e de capacitação em várias áreas componentes da aqüicultura, conseguidas por meio da parceria estabelecida entre a Codevasf e a UFAL.

Em seguida, o professor do curso de engenharia de pesca da UFAL, Emerson Soares, falou sobre os trabalhos de pesquisas e experimentos que estão sendo realizados em conjunto com os engenheiros de pesca Sérgio Marinho e Kley Lustosa, da Codevasf, entre eles o de desenvolvimento de um tipo de ração para piscicultura de menor custo para pequenos empreendimentos e o de diminuição do estresse durante o transporte de alevinos. O professor agradeceu o apoio da Codevasf no desenvolvimento dos projetos de pesquisas, principalmente aos funcionários do Ceraqua, que acompanharam todo o trabalho.

O representante da CNA, Murilo Rezende, falou da importância dos trabalhos desenvolvidos no Ceraqua e doou alguns livros técnicos sobre piscicultura para a biblioteca do Ceraqua.

O chefe da Estação de Piscicultura de Itiúba, Álvaro Albuquerque, falou sobre os melhoramentos na infra-estrutura do Ceraqua em 2008. Ele lembrou que este ano muitos estudantes dos estados de Pernambuco, Bahia e Sergipe foram capacitados no Centro. Álvaro finalizou abordando sobre o trabalho de melhoramento genético com a tilápia, por meio da propagação da linhagem GIFT, cujo trabalho está sendo desenvolvido em parceria com a Universidade Estadual de Maringá, com o apoio da SEAP.

Para finalizar o encontro a pesquisadora Denise Pinheiro, do Instituto de Química e Biotecnologia da UFAL relatou como foram os trabalhos de pesquisas sobre desempenho produtivo de alevinos de tilápia frente a diferentes concentrações de vitamina C e sobre os diferentes níveis de estocagem no desempenho produtivo de alevinos de tambaqui. O trabalho durou 4 meses e durante esse período a professora ficou hospedada no Ceraqua. Os resultados das pesquisas ainda vão ser tabulados e depois divulgados através de um trabalho científico a ser publicado pela UFAL.