Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Conferência sobre Aquicultura e Pesca na Bahia
conteúdo

Notícias

Conferência sobre Aquicultura e Pesca na Bahia

Foi realizada ontem (05), em Barreiras (BA), a Conferência Territorial de Aquicultura e Pesca do Oeste Baiano. O evento é preparatório para a Conferência Estadual de Aquicultura e Pesca, que antecede a Conferência Nacional, programada para o período de 30 de setembro a 2 de outubro, em Brasília, com o tema “Consolidação de uma Política de Estado para o Desenvolvimento Sustentável da Aquicultura e Pesca”.
publicado: 06/04/2009 17h34, última modificação: 20/06/2018 17h03

Foi realizada ontem (05), em Barreiras (BA), a Conferência Territorial de Aquicultura e Pesca do Oeste Baiano. O evento é preparatório para a Conferência Estadual de Aquicultura e Pesca, que antecede a Conferência Nacional, programada para o período de 30 de setembro a 2 de outubro, em Brasília, com o tema “Consolidação de uma Política de Estado para o Desenvolvimento Sustentável da Aquicultura e Pesca”.


Na ocasião, estiveram presentes 534 pescadores, piscicultores e técnicos que discutiram os problemas e apresentaram propostas de soluções sobre os seguintes temas: "A pesca artesanal e os direitos sociais: benefícios legais, diretrizes de saúde, educação e moradia"; "Invisibilidade e dificuldades das mulheres no processo de produção do pescado"; "Recursos pesqueiros, conflitos e meio ambiente"; "Política de apoio e acompanhamento ao desenvolvimento da cadeia produtiva (infraestrutura e comercialização)" e "Desenvolvimento sustentável da piscicultura".


Dentro da programação, também houve o painel “Desafios e perspectivas da pesca artesanal e desenvolvimento sustentável da piscicultura no Oeste Baiano”, em que o chefe da Estação de Piscicultura de Ceraíma, Flávio Henrique Mizael, proferiu a palestra “Ações para o desenvolvimento sustentável da piscicultura no Oeste Baiano”.


Ainda estão programadas mais duas conferências territoriais no Médio São Francisco: a do Velho Chico I, que será realizada no município de Ibotirama, em 25 de abril, e a do Velho Chico II, em Bom Jesus da Lapa, no dia 17 de maio.


O evento é resultado da parceria entre Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca; Codevasf; Ibama; Governo do Estado da Bahia; prefeituras municipais de Angical, Barreiras, Cotegipe, Riachão das Neves, Santa Rita de Cássia, São Desidério e Wanderley; Sebrae; colônias de pescadores de Barreiras, Cotegipe e Riachão das Neves; Associação de Pescadores de Barreiras e Cooperativa de Piscicultores do Oeste Baiano (Coopeixe).