Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2006 > Aquário de Peixes da Bacia do Rio São Francisco
conteúdo

Notícias

Aquário de Peixes da Bacia do Rio São Francisco

A Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (MG) inaugurou no dia 5 de março o Aquário de Peixes da Bacia do Rio São Francisco da Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte – FZB-BH
publicado: 08/03/2010 10h04, última modificação: 20/06/2018 17h06

A Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (MG) inaugurou no dia 5 de março o Aquário de Peixes da Bacia do Rio São Francisco da Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte – FZB-BH. A Codevasf tem colaborado na implantação do aquário com o fornecimento de espécimes de peixes por parte do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Três Marias, viabilizado por meio de um acordo de cooperação técnica assinado com a Fundação Zoobotânica.

A obra, que custou cerca de R$ 5,5 milhões, oferecerá oportunidades de estudos sobre a biologia, criação e manutenção de peixes em cativeiro, além de representar opções de lazer, turismo e cultura para o público visitante, que totaliza mais de 1 milhão de pessoas que visitam a Fundação Zoo-Botânica e que serão potenciais visitantes do aquário.

No espaço, serão desenvolvidas e aplicadas estratégias científico-educativas com o intuito de informar ao público visitante a respeito dos fatores que influenciam a disponibilidade e a qualidade da água em nosso ambiente e das estratégias para sua utilização consciente.

O aquário constitui-se de duas estruturas instaladas em uma área construída de 2.300 m² e possui 22 aquários com volumes que variam de 300 a 300 mil litros onde serão acondicionadas 180 espécies de peixes nativos da bacia do Rio São Francisco. Terá entre seus principais objetivos a realização de pesquisas e atividades de conscientização para preservação dos recursos naturais, vindo contribuir efetivamente para os esforços de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco.

Estiveram presentes na inauguração o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, e outras autoridades, incluindo o superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Anderson Chaves, o presidente do IBAMA, Roberto Messias Franco, entre outros.